Portugal tem 19 concelhos a vermelho no gráfico do desconfinamento
29 de marçoDiogo Camilo

Portugal tem 19 concelhos a vermelho no gráfico do desconfinamento

Governo quer desconfinar por concelhos, mas só apresenta dados nacionais e continentais. Só três das sete regiões do país continuam a verde: Alentejo, Algarve e Açores têm um R superior a 1 e estão a amarelo e a Madeira já está a vermelho, na zona de maior risco. Odivelas, Amadora e Coimbra estão a laranja. Veja onde está o seu concelho no gráfico de Costa que dita o futuro do desconfinamento.

Cinco concelhos não estão em risco, mas estão cercados pela Covid-19
16 de novembro de 2020Diogo Camilo

Cinco concelhos não estão em risco, mas estão cercados pela Covid-19

Alpiarça, Alvito, Gouveia, Pinhel e Olhão não estão entre os 191 concelhos em confinamento parcial, mas as fronteiras estão cobertas de infetados pela Covid-19. E existem mais seis concelhos encurralados entre as restrições em Portugal e o aumento de casos em Espanha.

A matemática duvidosa por detrás das restrições nos concelhos
08 de novembro de 2020Diogo Camilo

A matemática duvidosa por detrás das restrições nos concelhos

Costa colocou restrições em 121 concelhos, mas só 46 estão dentro dos seus critérios de risco muito elevado. Existem concelhos que só precisam de ter dois infetados pela Covid-19 em 14 dias, Lisboa pode ter 1.200. Nova atualização da lista chega a 12 de novembro, mas até lá concelhos ficarão regidos por medidas de casos que podem ter registado quase um mês antes.

DGS não sabe onde estão 5 mil infetados pela Covid-19
22 de julho de 2020Diogo Camilo

DGS não sabe onde estão 5 mil infetados pela Covid-19

Boletim da DGS regista quase 49 mil casos do novo coronavírus em Portugal, mas apenas 44 mil estão na lista de concelhos - que só utiliza dados do SINAVE. Se todos os casos estivessem concentrados num concelho, seria o mais infetado do país.

A Newsletter SÁBADO É TODOS OS DIAS no seu e-mail
NEWSLETTER EXCLUSIVA PARA ASSINANTES O resumo das notícias pela redação da SÁBADO, sempre ao início da manhã. (Enviada de segunda a sexta)