Os escândalos sexuais da Igreja católica
24 de novembroRaquel Lito

Os escândalos sexuais da Igreja católica

O “padre de ferro” reage às acusações, o colega de Viseu está desaparecido e o condenado por pedofilia recebe visitas dos clérigos na prisão (até já tem emprego à espera). A Conferência Episcopal pressiona por respostas céleres.

Na Zona J, os jovens do bairro não têm medo de mostrar como vêem o seu mundo
09 de novembroSebastião Almeida

Na Zona J, os jovens do bairro não têm medo de mostrar como vêem o seu mundo

'Olhares (J)enuínos mostra, a partir de 20 de novembro, o trabalho fotográfico desenvolvido por 11 jovens da Zona J, em Chelas. O fotógrafo Gonçalo Fonseca e a psicóloga clínica Laura Vasconcelos, que coordenaram o projeto 'Pelos Teus Olhos', quiseram dotá-los das ferramentas "para criarem narrativas visuais e promoverem a sua saúde mental".

Joana Amaral Dias traça o perfil psicológico de Marcelo
04 de novembroJoana Amaral Dias

Joana Amaral Dias traça o perfil psicológico de Marcelo

Pedimos à psicóloga e analista Joana Amaral Dias que mergulhasse na mente presidencial, que esta quinta-feira anuncia ao País se vai marcar eleições antecipadas. Retrato da “hipocondria como mecanismo de captura de atenção” que o tornou “meio papa meio vedeta”.

Um gesto cortado no ar

Algumas frases finais, sobretudo nos maus romances, são como o último tiro que se dá por piedade com um ser agonizante, para acelerar o seu último suspiro. Outras deixam no leitor, como muitos bestsellers, o sabor característico dos alimentos enlatados.

A Festa do Cinema Italiano é das mulheres
27 de outubroSebastião Almeida

A Festa do Cinema Italiano é das mulheres

De 2 a 26 de novembro, o festival percorre 11 cidades. Três Andares, de Nanni Moretti abre o certame e As Irmãs Macaluso encerra a 14.º edição da Festa do Cinema Italiano. Letizia Battaglia, aclamada fotógrafa, Alessandro Rossellini, neto do mestre Roberto Rossellini ou Beniamino Barrese são alguns dos convidados especiais.

O moralista

A húbris é uma cabra

Quem sufocou Fernando Medina no Tejo não foi Carlos Moedas, foi a húbris. A húbris da boquinha sobranceira de Medina, do urbanismo predatório oposto aos ideais que diz adoçarem-lhe os lábios, da “mobilidade alternativa” para inglês ver, da habitação jovem por entregar.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana