Estou sim? Daqui fala o primeiro-ministro e estou a ser escutado
31 de janeiroCarlos Rodrigues Lima

Estou sim? Daqui fala o primeiro-ministro e estou a ser escutado

Sócrates foi o primeiro, mas suas conversas acabaram destruídas, sem deixarem de causar um sério mal estar na Polícia Judiciária, como mostram alguns documentos. Seguiu-se Passos Coelho, cujas escutas a SÁBADO revela. Até que chegou a vez de António Costa.

O ataque à liberdade de imprensa
23 de janeiroAntónio José Vilela

O ataque à liberdade de imprensa

Uma equipa da PSP montou vigilância à porta da residência do jornalista Carlos Rodrigues Lima às 7h30. Também o fez à porta da redação da SÁBADO e fotografou o procurador do caso BES. Veja todas as imagens recolhidas pela polícia

Ministério privado

Confesso que alinho tendencialmente pela escola Ferro Rodrigues no que toca ao secretismo das investigações judiciais: "Estou-me cagando para o segredo de Justiça", disse o então secretário-geral do PS numa infeliz conversa escutada durante as investigações do processo Casa Pia.

O Estado da exceção

Num País recheado de juristas, sejam eles com estudos ou de pacotilha, ninguém quer saber do primado da Lei. O que importa são as exceções. O Governo insiste, os letrados em Direito agradecem, a Covid-19 também. António Costa agrada a todos.

A terceira vaga que ninguém viu

Por cá, ninguém antecipou a terceira vaga de contágios da Covid. A começar pelo Presidente da República, ninguém antecipou coisa nenhuma. Não sei o que é pior. Se a incapacidade de prever o óbvio - a terceira vaga - ou a uma governação por “sensação” que não conseguiu medir a necessidade de meios para fazer face à doença.

3
Os 24 sacos de notas de 500 euros levantados pelo clã Ricciardi
21 de janeiroCarlos Rodrigues Lima

Os 24 sacos de notas de 500 euros levantados pelo clã Ricciardi

Um mês antes da queda do BES, os elementos do clã desdobraram-se em movimentações para salvaguardar algum património financeiro. José Maria até terá contado com a ajuda do antigo presidente do Deutsche Bank, que chegou a ser suspeito de violação do segredo de justiça.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)