O pesadelo logístico do processo eleitoral em pandemia
19 de janeiroMargarida Davim

O pesadelo logístico do processo eleitoral em pandemia

Dificuldades em arranjar quem vá para as mesas de voto, autarcas a organizar equipas para ir a casa de quem está confinado, emigrantes impedidos de votar. As eleições em ano de pandemia obrigam a uma complexa operação logística. E até há quem já tenha gastado 300 euros só para ir votar.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)