As novas humoristas: saltar da comunicação para a comédia
18 de fevereiroLucília Galha

As novas humoristas: saltar da comunicação para a comédia

Aparecem menos na televisão, mas já não estão em menor número. Há cada vez mais mulheres no humor. São elas que dão piada a Ricardo Araújo Pereira ou que enchem salas de stand-up comedy. Só não podem (ainda) levar uma minissaia.

Lili Caneças ou a extraordinária vida de Maria Alice
16 de fevereiroCatarina Moura

Lili Caneças ou a extraordinária vida de Maria Alice

Filha de um oficial da Marinha, privou na adolescência com as famílias aristocratas exiladas em Portugal. Após o divórcio, chegou a vender pullovers aos amigos para pagar as contas. Foi cortejada por nobres e milionários, parou o País por causa de uma cirurgia estética e continua a ir às festas internacionais mais exclusivas. Agora, aos 76 anos, Lili Caneças mantém-se relevante graças aos contactos e às redes sociais.

Sinais de liderança

Numa altura em que o País batia todos os recordes de número de mortos e infectados, assumindo nesta matéria a liderança de várias estatísticas internacionais, centenas de vacinas eram desviadas do caminho prioritário.

5
Os boys que o PS colocou na máquina da Segurança Social
15 de fevereiroMaria Henrique Espada

Os boys que o PS colocou na máquina da Segurança Social

O Governo varreu, sem exceção, todos os diretores distritais que encontrou em funções. Trocou-os, a bem ou a mal, por próximos do PS. Só uma coisa ainda não mudou aqui: não se abdica do domínio do aparelho. Retrato à lupa da vassourada.

Como sobreviver aos efeitos mentais da pandemia
10 de fevereiroLeonor Riso

Como sobreviver aos efeitos mentais da pandemia

Ansiedade, depressão, exaustão, falta de sono e esgotamento. A pandemia aumentou os riscos da saúde mental dos portugueses. Treze especialistas explicam à SÁBADO o que pode fazer para enfrentar os males mais comuns e recuperar a autonomia e a autoestima.

A ministra que se perdeu no labirinto da Saúde
07 de fevereiroBruno Faria Lopes

A ministra que se perdeu no labirinto da Saúde

Marta Temido prefere centralizar tudo e ouve pouco, mesmo que a consequência seja deixar respostas por dar. Está a perder a luta contra uma pandemia que expôs o défice de gestão no SNS.

6
Adolfo, gay, católico e quase candidato ao CDS
04 de fevereiroMargarida Davim

Adolfo, gay, católico e quase candidato ao CDS

É administrador da Galp, mas não tem Galp Frota. Publicou contos, mas sob pseudónimo. É um leitor ávido, mas adora a Eurovisão e a cor amarela. Tem um pé fora da política, mas galgou o aparelho.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)