3
Alcobaça: um património único
30 de julho de 2020

Alcobaça: um património único

Há muito para visitar em território alcobacense, desde logo o seu mosteiro, que está classificado como Património da Humanidade pela UNESCO

O pasteleiro que fingiu ser D. Sebastião
16 de março de 2020Susana Lúcio

O pasteleiro que fingiu ser D. Sebastião

Era alto, louro e tinha olhos azuis como o jovem rei que morreu em Alcácer-Quibir. O impostor garantiu no cadafalso que morria por ser o rei português

O exílio açoriano de Gungunhana, o mítico régulo de Moçambique
01 de novembro de 2018Tiago Carrasco

O exílio açoriano de Gungunhana, o mítico régulo de Moçambique

Capturado por Mouzinho de Albuquerque, exibido como troféu, baptizado e “ocidentalizado”, viveu em Angra do Heroísmo até ao final da vida. O “leão de Gaza” tem uma história tão inacreditável que vai ser contada num documentário inglês. A trasladação para Moçambique foi decidida há 35 anos.

Portugueses nas revoltas da Catalunha
28 de janeiro de 2018Ricardo Silva

Portugueses nas revoltas da Catalunha

Estiveram de lados opostos das trincheiras: enquanto anarquistas como Germinal Sousa e Manuel Firmo combateram em defesa dos catalães, legionários como Almeida e Joaquim Silva ajudaram a sufocar as revoltas. A história de um conflito que está outra vez nas ruas.

Terramoto de Lisboa: As cartas do representante do Vaticano
15 de janeiro de 2018Susana Lúcio

Terramoto de Lisboa: As cartas do representante do Vaticano

O representante do Papa em Lisboa, Filippo Acciaiuoli, foi dos primeiros a descrever a destruição sofrida por Lisboa com o tremor de terra. Nas cartas que enviou ao Vaticano pedia misericórdia e consolo para o rei português.

2
A Internet é um mar de cabos
12 de novembro de 2015Joana Carvalho Fernandes

A Internet é um mar de cabos

Mais de 99% das comunicações entre continentes são feitas através dos 900 mil quilómetros de cabos instalados debaixo do mar

Foi a comida que os matou
26 de agosto de 2013

Foi a comida que os matou

Uns foram mortos, outros suicidaram-se. Mas todos foram vítimas de venenos. E há um rei português na lista

9
Foi a comida que os matou
26 de agosto de 2013

Foi a comida que os matou

Uns foram mortos, outros suicidaram-se. Mas todos foram vítimas de venenos. E há um rei português na lista

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)