O regime de Costa

António Costa tem ao seu dispor o regime para fazer o que quiser. Para o moldar como quiser, em doses maciças de investimento público e políticas públicas, que podem prolongar por muito tempo o ciclo de poder socialista. E é isso que está a fazer com o dinheiro da bazuca europeia.

Marcelo defende debate sobre autonomia regional com imaginação e sem dramas
09 de junhoLusa

Marcelo defende debate sobre autonomia regional com imaginação e sem dramas

"Essa é, repito, a riqueza da democracia, sem dramas, sem angústias, sem crispações - a não ser as crispações que decorrem de cada qual cumprir o seu dever, o dever de representar aqueles que considera que deve representar com o título de legitimidade que lhes assiste", defendeu, na Madeira, o Presidente da República.

Orçamento 2022: Costa deixa Rio a falar sozinho
28 de maioMargarida Davim

Orçamento 2022: Costa deixa Rio a falar sozinho

Em vésperas do arranque das negociações para o Orçamento de 2022, António Costa ensaia nova aproximação à esquerda. E fecha com estrondo a porta de diálogo que Rui Rio insiste em querer abrir.

Os conselhos grátis para o segundo mandato de Marcelo
09 de marçoMaria Henrique Espada

Os conselhos grátis para o segundo mandato de Marcelo

Marcelo Rebelo de Sousa toma posse, esta terça-feira. E devia manter as escolas fechadas (“um ano não conta”, assegura-lhe a mãe de António Costa), dar Ferraris, instalar-se uns valentes meses no interior, estimular o microcrédito, mudar a capital para Santarém e arrendar o palácio para turismo. Pedimos à sociedade civil que desse ideias para levar e usar em Belém.

Porto ou como derrotar Ventura
27 de janeiroMargarida Davim

Porto ou como derrotar Ventura

André Ventura teve no Porto o seu pior resultado nestas eleições presidenciais. Não só ficou em terceiro lugar como teve quase metade dos votos de Ana Gomes. Mas o que é que explica esta rejeição ao líder do Chega?

A Newsletter SÁBADO É TODOS OS DIAS no seu e-mail
NEWSLETTER EXCLUSIVA PARA ASSINANTES O resumo das notícias pela redação da SÁBADO, sempre ao início da manhã. (Enviada de segunda a sexta)