Informadores da Judiciária agiam à margem da lei
13 de julhoNuno Tiago Pinto

Informadores da Judiciária agiam à margem da lei

No acórdão da operação Aquiles, os juízes criticaram a forma como a PJ gere os seus informadores e diz que há indícios de que eles atuam ilegalmente como infiltrados. A Polícia já criou novas regras.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)