O salazar

Tal como o salazar da cozinha tentou introduzir a ordem na preparação dos alimentos, afastando os profissionais da desordem, da agitação e da perturbação social (entenda-se: as crianças), o tirano de Santa Comba Dão tentou acabar com a suposta anarquia nas ruas.

Juiz negacionista desafia diretor da PSP para um combate de MMA
29 de marçoDiogo Camilo

Juiz negacionista desafia diretor da PSP para um combate de MMA

Num vídeo em direto no Facebook, o juiz suspenso pelo Conselho Superior da Magistratura chama Magina da Silva de "maroto" e acusa a PSP de "vigilância ilegal". Propõe ao diretor-nacional da PSP "resolver isto como homens": se perder "desaparece" do Facebook e da esfera pública.

Vice do Chega: 'Nos comentários aos meus artigos já li 'olha mais um monhé''
25 de marçoAlexandre R. Malhado

Vice do Chega: "Nos comentários aos meus artigos já li 'olha mais um monhé'"

Foi retornado, viveu numa barraca, trabalhou nas obras (e não só), mas afastou-se para muito longe do cliché do negro pobre. Professor, colunista do Observador, coordena o gabinete de estudos do Chega. Aprecia a ordem e a autoridade. Até nas suas aulas, na Margem Sul do Tejo.

Pau Gasol: o regresso a Barcelona com vista para Tóquio
14 de marçoCarlos Torres

Pau Gasol: o regresso a Barcelona com vista para Tóquio

Garantido o OK nos exames médicos, a expectativa é quando se estreará Pau Gasol no Barcelona, onde regressou na última semana, 20 anos depois de ter saído para a NBA. Sem competir há dois anos, devido a lesões, o grande objetivo da estrela do basket é conseguir estar nos Jogos Olímpicos

Como Angola dominou os bancos portugueses
22 de fevereiroAntónio José Vilela

Como Angola dominou os bancos portugueses

O braço de ferro durou anos. Houve pressões, jogos de bastidores e muito dinheiro envolvido. Os milhões de Angola colocados na banca nunca tiveram uma origem bem definida: eram do Estado e de figuras poderosas do regime liderado por José Eduardo dos Santos. Estas são as histórias dos esquemas cruzados, offshores, lavagem de dinheiro e relações perigosas.

Anos 80: o regresso das elites às caçadas
21 de fevereiroMarco Alves

Anos 80: o regresso das elites às caçadas

Depois do 25 de Abril, o Alentejo ficou quase deserto de ricos, milionários e latifundiários. Voltaram nos anos 80 para grandes temporadas de caça a faisões, javalis, lebres e raposas.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)