Juiz Carlos Alexandre recebeu Vistos Gold e Operação Marquês sem sorteio
14 de abrilCarlos Rodrigues Lima

Juiz Carlos Alexandre recebeu Vistos Gold e Operação Marquês sem sorteio

Despacho de instrução de Ivo Rosa revela que, no mesmo dia, 9 de setembro de 2014, os dois processos foram distribuídos sem sorteio por uma funcionária judicial. Há dois anos, Carlos Alexandre suspeitou do sorteio que deu a Ivo Rosa a instrução da Operação Marquês.

6
As melhores dicas para passar férias em Espanha
23 de julho de 2019Eduardo Dâmaso

As melhores dicas para passar férias em Espanha

Tem comida, natureza, arquitetura e história. Ainda por cima a preços acessíveis. Das praias de água cristalina da Galiza, à arquitetura de Castela e Leão, passando pelo vinho da Extremadura e pelos petiscos da Andaluzia.

6
MP quer repetição do julgamento dos “Vistos Gold”
11 de abril de 2019Carlos Rodrigues Lima

MP quer repetição do julgamento dos “Vistos Gold”

Recurso diz que só faltou ao juiz do julgamento fazer um convite aos arguidos para apresentarem um projecto de decisão final. Procuradores até fizeram questão de explicar o que é um parvo.

3
Como será a vida de Armando Vara na prisão de Évora
16 de janeiro de 2019Alexandre R. Malhado

Como será a vida de Armando Vara na prisão de Évora

O antigo ministro vai acordar às 7h30 e recolher às 19h00. Terá uma hora para comer e será responsável pela limpeza da sua cela. Mas também há atividades: de momento, há na prisão de Évora um projeto de treino de obediência básica canina.

Miguel Macedo diz ter sido vítima de "canalhices"
04 de janeiro de 2019Negócios

Miguel Macedo diz ter sido vítima de "canalhices"

O ex-ministro da Administração Interna Miguel Macedo disse hoje, após a decisão sobre o processo Vistos Gold, que o absolveu de quatro acusações, que o tribunal deu resposta às "canalhices" que lhe fizeram.

Vistos Gold: Miguel Macedo absolvido de todos os crimes
04 de janeiro de 2019Negócios

Vistos Gold: Miguel Macedo absolvido de todos os crimes

O julgamento dos Vistos Gold, que contou com 73 sessões, teve início a 13 de fevereiro de 2017. A leitura da sentença, adiada três vezes, decorreu esta sexta-feira e ditou a absolvição de Miguel Macedo. Já o ex-presidente do Instituto de Registos e Notariado, António Figueiredo foi condenado por um crime de corrupção ativa, outro de corrupção passiva, peculato e tráfico de influências.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)