O dilema do PS no Porto: o braço de ferro e o desempate
11 de abrilMargarida Davim

O dilema do PS no Porto: o braço de ferro e o desempate

António Costa não quer agora o PS a discutir na praça pública nomes de candidatos autárquicos, mas nos bastidores as peças movem-se. No Porto, há uma guerra latente entre dois possíveis candidatos e uma terceira via a ganhar força.

Ivo Rosa: O juiz no seu domínio
09 de abrilDiogo Barreto

Ivo Rosa: O juiz no seu domínio

O juiz de instrução criminal vai decidir quem vai a julgamento na Operação Marquês. De jovem que tratava dos animais na quinta a juiz num tribunal internacional, este é o percurso do homem que será o centro das atenções esta sexta-feira.

PSD confirma Suzana Garcia na Amadora e adia decisão sobre apoio a Isaltino em Oeiras
07 de abrilJornal de Negócios

PSD confirma Suzana Garcia na Amadora e adia decisão sobre apoio a Isaltino em Oeiras

O secretário-geral social-democrata deu a conhecer mais meia centena de candidatos do PSD às autárquicas e confirmou o nome de Suzana Garcia na corrida à Amadora. José Silvano adiantou que a direção do partido vai ainda discutir possibilidade de apoio a candidatura independente de Isaltino Morais em Oeiras.

Nomeações na Santa Casa: A grande e santa família
01 de abrilMaria Henrique Espada

Nomeações na Santa Casa: A grande e santa família

O mais radical dos familygates. O irmão e o (ex-) marido da líder parlamentar do PS contratados, a filha do amigo do primeiro-ministro promovida, a namorada do provedor (e o irmão e a ex-nora desta) na casa, a filha de um ex-Presidente da República assessora, e agora a mulher de um secretário de Estado em funções nomeada administradora, há apenas um mês e meio: bem-vindos à Misericórdia de Lisboa.

Apoios sociais: Governo vai alterar diploma para incluir cultura e turismo
31 de marçoJornal de Negócios

Apoios sociais: Governo vai alterar diploma para incluir cultura e turismo

O Governo opôs-se ao aumento do valor dos apoios, mas mostra-se disponível para alterar o diploma já promulgado pelo Presidente da República para manter a sua promessa de estender os apoios aos independentes e gerentes até 30 de junho em quatro setores: turismo, cultura, eventos e espetáculos.

Chega aprova 66 novos candidatos autárquicos
27 de marçoAlexandre R. Malhado

Chega aprova 66 novos candidatos autárquicos

Direção aprova mais 66 nomes para as autárquicas. Da direção, o veterinário católico Pedro Frazão, membro do Opus Dei, foi escolhido para Santarém, enquanto Rui Paulo Sousa vai para Castelo Branco.

Vice do Chega: 'Nos comentários aos meus artigos já li 'olha mais um monhé''
25 de marçoAlexandre R. Malhado

Vice do Chega: "Nos comentários aos meus artigos já li 'olha mais um monhé'"

Foi retornado, viveu numa barraca, trabalhou nas obras (e não só), mas afastou-se para muito longe do cliché do negro pobre. Professor, colunista do Observador, coordena o gabinete de estudos do Chega. Aprecia a ordem e a autoridade. Até nas suas aulas, na Margem Sul do Tejo.

Os grandes e maus negócios do Estado

Portugal não quer fazer o debate de como se ataca essa impunidade estrutural, sob nenhum ponto de vista. Prevalece no debate público esse monstro sagrado dos direitos fundamentais de qualquer cidadão perante o poder coativo da justiça chamado presunção de inocência.

Quem é Sebastião Bugalho, o 'jovem prodígio'
15 de marçoSónia Bento

Quem é Sebastião Bugalho, o "jovem prodígio"

Começou precocemente como jornalista, deu o salto para a política mas recuou. Sebastião Bugalho, de 24 anos, diz que o Presidente Marcelo gosta de o ouvir porque é "muito bom".

Carvalhal: o treinador mais calmo do mundo
15 de marçoCarlos Torres

Carvalhal: o treinador mais calmo do mundo

Nas férias de verão, ia roubar morangos e derrubar as tendas do parque de campismo. Filho de um guarda-redes, com 22 anos foi para o FC Porto – mas só jogou 2 minutos. A fazer uma grande época, o treinador do Sp. Braga mantém-se sempre sereno: não grita com os jogadores e evita polémicas.

As fintas de Costa: de um SNS robusto à ilusão de crescimento
05 de marçoAlexandre R. Malhado

As fintas de Costa: de um SNS robusto à ilusão de crescimento

Em cinco anos, Portugal estará mais próximo da Alemanha do que em 2016, diz o primeiro-ministro. O que não diz é que estará atrás de países de Leste. Visões neoliberais não funcionam? O PIB per capita indica outra coisa.

Rio e Moreira: toda a história de um casamento de conveniência que só podia acabar mal
03 de marçoMargarida Davim

Rio e Moreira: toda a história de um casamento de conveniência que só podia acabar mal

Partilham o primeiro nome, a formação na Escola Alemã, a área política e até alguns amigos. Mas o que Rui Rio e Rui Moreira têm em comum fica-se por aí. A história dos dois é feita de tensões e desencontros, com uma aproximação por interesse que acabou num afastamento ainda maior e uma tentativa de acordo que desembocou na rutura definitiva.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)