O moralista

É só artistas

Os artistas, há muito símbolos de precariedade, viram-se obrigados a entrar em modo de sobrevivência. Nos EUA, onde o mercado é Deus, 90% das salas de concertos e 35% dos museus estão em risco de fechar. E 71% dos músicos perderam 3/4 dos seus rendimentos.

O nariz

É mais importante possuir um bom nariz que ter bom olho, pois a vista pode enganar-nos, mas o nariz raramente. Um nariz que se preze é capaz de farejar as injustiças, as manigâncias, as aldrabices, a banha da cobra, o gato por lebre

Listas de listas

O ser humano é um implacável classificador. Não pode dispensar as listas. Não passa sem elas. As listas são inerentes ao cérebro humano, traduzem o nosso impulso de, simultaneamente, unir e demarcar, aproximar e afastar, associar e dissociar

Voando sobre o Manicómio do Beato
01 de fevereiroJoana Emídio Marques

Voando sobre o Manicómio do Beato

Porque é preciso “que eles não sejam esquecidos” Sandro Resende criou um espaço para tirar dos doentes mentais o rótulo de “coitadinho” e mostrar ao mundo os artistas que “o mundo quis pôr de lado".

O massacre de Wiriamu
21 de janeiroJoão Pedro George

O massacre de Wiriamu

Este ensaio faz parte de um livro a publicar pelo autor, na Penguin Random House, até final do ano e que se intitulará "O Império às Costas, Retornados, Racismo e Pós-Colonialismo". Com este trabalho, a SÁBADO inicia uma série “Guerra Colonial: 60 anos, 60 histórias”, que se prolongará até ao final do ano.

Matilde Campilho II

Campilho é repetitiva e redundante, glosa-se de mil maneiras, a rede de linguagem em que se inscreve é descuidada ou pouco imaginativa, e as frases limitam-se a levantar uma poeira de palavras que pairam por segundos e que desaparecem ao virar das páginas, sem deixar rasto na memória

Nobel da Física para descobertas nos buracos negros
06 de outubro de 2020Ana Bela Ferreira

Nobel da Física para descobertas nos buracos negros

Três cientistas, um norte-americano, um inglês e um alemão, partilham o Nobel da Física 2020. Descoberta de buracos negros que comprovam teoria da relatividade e um massivo buraco negro no centro da nossa galáxia merecem distinção.

O moralista

Molusco

O tecido do Universo é curvo, feito não só de espaço mas de tempo, e move-se como as ondas que Einstein, Rovelli e nós contemplámos. Os seus mais minúsculos componentes, os quarks, apenas existem quando interagem uns com os outros.

A solidão que mata antes da morte
28 de março de 2020Eduardo Dâmaso

A solidão que mata antes da morte

Idosos para aqui, idosos para ali, já quase não se fala de pessoas. É como se fossem objectos, mobília humana, que estão a ser retirados dos lares e levados para aqui e para acolá

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)