15
Setúbal, uma aposta segura
08:00Ricardo Santos

Setúbal, uma aposta segura

Entre o Sado e a Arrábida, com uma oferta cultural invejável, praias de sonhos, peixe e marisco elogiados e novos projetos que surpreendem. A cidade revolucionária da década de 80 aposta agora tudo no turismo e na qualidade de vida. E com bons resultados.

De fazer crescer água na boca
Ontem

De fazer crescer água na boca

Nos Açores, existem pratos e produtos deliciosos. Peixe, marisco, carne, vinho, doçaria... há que degustar tudo

A nova vida de Melides… e a que não queremos que mude
OntemAna Taborda

A nova vida de Melides… e a que não queremos que mude

Uma piscina feita para estar em pé, dentro de água, a conversar, passeios de balão com vista para a lagoa ou drones que o filmam a andar de cavalo em praias desertas. Na terra que encantou famosos como Christian Louboutin, não faltam novidades – e até os sítios de sempre ganharam novas esplanadas e pratos vegetarianos.

Madrugadores são mais felizes do que quem dorme até tarde
23 de junhoAna Bela Ferreira

Madrugadores são mais felizes do que quem dorme até tarde

Dois novos estudos mostram que quem gosta de acordar tarde tem mais propensão a ser depressivo. Viver num mundo de horários feitos para pessoas que acordam cedo e menor exposição solar podem ser as razões para esta propensão.

A aventura de 36 horas de Noah
23 de junhoJuliana Nogueira Santos

A aventura de 36 horas de Noah

Vestiu-se e saiu de casa e só voltou no dia seguinte. Mobilizou uma centena de populares e agentes da polícia. Até cavalos andaram pelos montes à procura dele.

Marta Temido: 'Precisamos de ganhar tempo para controlar novas variantes'
21 de junhoDiogo Camilo

Marta Temido: "Precisamos de ganhar tempo para controlar novas variantes"

Ministra da Saúde prevê que variante Delta, associada à Índia, seja predominante em todo o país, como já o é em Lisboa e Vale do Tejo. Acelerar a vacinação e garantir testes à covid-19 são prioridades, mas governante diz que novas restrições "podem ainda ser necessárias".

A guerra das ciclovias em Lisboa
21 de junhoSónia Bento

A guerra das ciclovias em Lisboa

A câmara é acusada de fazer obras sem planeamento, de provocar o caos no trânsito e de reduzir o estacionamento num projeto que vai custar 27,5 milhões de euros.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)