Instantâneos ou quase (66)

Imaginem isto: Costa provoca a crise em surdina. Sabe que BE e PCP ficam fragilizados perante o eleitorado. PSD e CDS estão como estão e nem é preciso manobrar nos bastidores. PS vai a votos rapidamente, ganha bem e faz um acordo com o PCP.

PJ faz buscas à casa de Margarida Martins e à Junta de Arroios
27 de outubroMarco Alves

PJ faz buscas à casa de Margarida Martins e à Junta de Arroios

PJ realiza buscas na Junta de Freguesia de Arroios e fez o mesmo na casa de Margarida Martins. Em causa, alegados crimes económico-financeiros e usufruto pessoal de bens públicos. SÁBADO tem vindo a fazer vários artigos sobre autarca do PS.

Roseta atrapalha distribuição de pelouros de Carlos Moedas
18 de outubroMargarida Davim

Roseta atrapalha distribuição de pelouros de Carlos Moedas

Carlos Moedas foi para a tomada de posse sem pelouros distribuídos pelos seus vereadores. Há pastas penduradas e uma incógnita trazida pela vontade de Filipa Roseta de se manter deputada. Distribuição de pastas só se fará depois da primeira reunião de Câmara.

Arroios: Madalena Natividade, a nova presidente da junta
10 de outubroMarco Alves

Arroios: Madalena Natividade, a nova presidente da junta

Nasceu em Moçambique e veio para Portugal como retornada. Viveu com a família num bairro de lata e teve sempre de trabalhar para pagar as suas contas. Quer pôr Arroios no mapa pelos bons motivos.

Lisboa: Gestão de Moedas “não pode ser oito ou oitenta”
08 de outubroMargarida Davim

Lisboa: Gestão de Moedas “não pode ser oito ou oitenta”

Carlos Moedas toma posse no dia 18 de outubro. Ainda não distribuiu pelouros, mas no PSD Lisboa já se afina uma estratégia para uma governação em minoria. Luís Newton garante à SÁBADO que a receita passa pelo diálogo.

A Câmara virou. E agora?
02 de outubroMargarida Davim

A Câmara virou. E agora?

Para governar Lisboa, Moedas vai ter de dar a volta a uma situação desfavorável: não tem maioria na vereação nem na Assembleia Municipal. Sem acordos com a esquerda, terá de fazer navegação à vista e encontrar algumas soluções criativas.

Quem quer ser deputado do CDS?
01 de outubroDiogo Barreto

Quem quer ser deputado do CDS?

A renúncia de Ana Rita Bessa ao lugar de deputada abriu uma guerra de sucessão no partido liderado por Francisco Rodrigues dos Santos. Haverá alguém que queira sentar-se no grupo parlamentar centrista?

Ana Rita Bessa do CDS renuncia ao mandato de deputada
28 de setembroLusa

Ana Rita Bessa do CDS renuncia ao mandato de deputada

O próximo nome na lista do CDS por Lisboa às eleições legislativas de 2019 é o de Isabel Galriça Neto, médica e ex-deputada, a que se segue o do comentador televisivo Sebastião Bugalho. Isabel Galriça Neto já indicou que não tem intenção de ocupar o cargo.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana