Covid-19. Portugal administrou 183 mil vacinas no fim de semana
OntemLusa

Covid-19. Portugal administrou 183 mil vacinas no fim de semana

Entre as pessoas vacinadas este fim de semana estiveram quase 170 mil professores e funcionários das escolas que receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19, depois de o processo ter sido adiado uma semana devido a novas restrições.

Marta Temido: 'Situação da pandemia alterou-se nos últimos 15 dias'
13 de abrilDiogo Camilo

Marta Temido: "Situação da pandemia alterou-se nos últimos 15 dias"

Ministra da Saúde reconhece aumento de incidência e do índice de transmissibilidade da pandemia e prevê que incidência de 120 casos por 100 mil habitantes seja ultrapassada dentro de "duas a quatro semanas", enquanto o patamar de 240 casos por 100 mil habitantes será ultrapassado dentro de "um a dois meses".

Covid-19: Pandemia já matou 2,9 milhões de pessoas em todo o mundo
11 de abrilLusa

Covid-19: Pandemia já matou 2,9 milhões de pessoas em todo o mundo

No sábado, 12.860 novas mortes e 703.283 novos casos foram registados em todo o mundo, verificando-se que os países que contabilizaram o maior número de novas mortes nos seus relatórios mais recentes são o Brasil, com 2.616 novas mortes, México (2.192) e Índia (839).

OMS: Benefícios da vacina AstraZeneca superam riscos
06 de abrilLusa

OMS: Benefícios da vacina AstraZeneca superam riscos

Organização Mundial da Saúde aponta que avaliação atual sobre a vacina controversa é a de que entre os riscos e os benefícios é positiva a utilização da vacina, referindo como "muito raros" os casos de trombose.

Vacinação dos professores 'não é prioritária e pode ser adiada”
05 de abrilRita Pereira Carvalho

Vacinação dos professores "não é prioritária e pode ser adiada”

A vacinação dos professores do pré-escolar e do ensino primário continua no próximo fim de semana, mas os especialistas consideram que a prioridade não deveria ser definida pela categoria profissional. "Faz sentido gerir por idades e por comorbilidades", defende o virologista Pedro Simas.

Covid-19: Devemos preocupar-nos com a variante do Uganda?
25 de marçoSónia Bento

Covid-19: Devemos preocupar-nos com a variante do Uganda?

Surgiu no Uganda, num caso isolado no Reino Unido e em Espanha, e será mais contagiosa. O virologista Pedro Simas diz que o aparecimento de novas estirpes não é alarmante, mas "temos de estar muito atentos".

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)