18
A história  do livro mais perigoso  do mundo
08 de janeiro de 2017Dulce Neto

A história do livro mais perigoso do mundo

Uma avó embrulhou-o em folhas impermeáveis e enterrou-o no jardim. Podia ter valor. Não se enganou. Escrito em papel oferecido pela nora de Wagner numa cela onde não faltou cerveja, prenda nos casamentos que até os cegos podiam ler, Mein Kampf, o manifesto infame de Hitler, é agora novamente um sucesso

A Newsletter SÁBADO É TODOS OS DIAS no seu e-mail
NEWSLETTER EXCLUSIVA PARA ASSINANTES O resumo das notícias pela redação da SÁBADO, sempre ao início da manhã. (Enviada de segunda a sexta)