Instantâneos ou quase (33)

Os resultados de André Ventura vistos por alguns nas TV e nas redes sociais são de uma falta de clarividência gigante. Será que ainda não perceberam que os votos de Ventura vieram de todo o lado e não são da malta atrasada do interior?

Até onde vai Ventura?

Ventura é um abcesso na democracia, sem dúvida, mas numa democracia que também ela está doente. Que caminha para o abstencionismo e a indiferença cívica. E que se resigna com essa caminhada para o abismo.

7
Marcelo derrotou todos os adversários até nas suas freguesias
25 de janeiroSara Capelo

Marcelo derrotou todos os adversários até nas suas freguesias

Nesta pequena luta nos locais onde votam, Marcelo derrotou Tino. Ana Gomes ficou à frente de Ventura no Parque das Nações mas este venceu-a em Cascais. Marisa perdeu para o candidato do Chega em Coimbra e Mayan levou a prata na Foz.

Presidenciais 2021: Os 500 mil (des)venturados
25 de janeiroMaria Henrique Espada

Presidenciais 2021: Os 500 mil (des)venturados

Era previsível e aconteceu: o líder do Chega ficou acima dos 10% com quase meio milhão de votos. O CDS não percebeu o que lhe aconteceu, o PSD aponta às perdas... do PCP. A direita não sabe o que fazer com André Ventura nem consigo própria; a esquerda, já era tempo de começar a perceber como não o ajudar. Ainda não foi desta.

Ventura vence com maioria absoluta na Namíbia
24 de janeiroDiogo Camilo

Ventura vence com maioria absoluta na Namíbia

Abstenção no estrangeiro foi superior a 98%, mas o número de votantes mais do que duplicou em relação às últimas eleições presidenciais. Ao contrário do território nacional, portugueses não deram a vitória a Marcelo em seis países: Ana Gomes conquistou cinco, Ventura foi o líder incontestado no país africano da Namíbia.

Projeções e evolução dos resultados dão o segundo lugar a Ana Gomes
24 de janeiroDiogo Camilo

Projeções e evolução dos resultados dão o segundo lugar a Ana Gomes

Sondagens à boca das urnas colocaram Marcelo Rebelo de Sousa com uma vitória maior que a de 2016 e Ana Gomes acima de Ventura por uma média de 3 pontos percentuais. Afinal, a maior luta será pelo quarto lugar, entre Marisa Matias, Tiago Mayan e João Ferreira.

Intercampus: Projeção dá vitória à primeira volta de Marcelo e segundo lugar a Ana Gomes
24 de janeiroCM

Intercampus: Projeção dá vitória à primeira volta de Marcelo e segundo lugar a Ana Gomes

A projeção à boca das urnas feita pela Intercampus para a CM/CMTV atribui a vitória a Marcelo Rebelo de Sousa, que garante a reeleição à primeira volta com 58,2% dos votos. Ana Gomes assegura a segunda posição com 14,5%, enquanto André Ventura obtém 11,9%. Marisa Matias, Mayan Gonçalves e João Ferreira praticamente empatados na casa dos 4%.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)