7
As aventuras dos portugueses em África depois da descolonização
08 de julho de 2020Ana Taborda

As aventuras dos portugueses em África depois da descolonização

Foram presos, torturados e alvo de simulações de fuzilamento. Numa Luanda em guerra civil, um ministro "importado" habituava-se a reuniões com armas na sala e havia quem lavasse os dentes com restos de cerveja e em Maputo contratavam-se criados para irem para as filas de comida da cidade.

Os que ficaram em África

Contamos-lhe as incríveis aventuras dos portugueses que decidiram ficar em Angola e Moçambique após a independência das ex-colónias. Colocamos em confronto duas visões opostas no combate à pandemia: a saúde e a economia

4
Bastidores: Esperança, Angola e um cientista
05 de agosto de 2015Rui Hortelão

Bastidores: Esperança, Angola e um cientista

Manuel Resende de Oliveira foi o último ministro português de Angola. Deixou a política em 1978 e, por incrível que pareça, nestes anos nunca mais ninguém lhe perguntou como foram aqueles meses loucos. Até que a SÁBADO o contactou

EXCLUSIVO: A história do último português ministro de Angola
05 de agosto de 2015Maria Henrique Espada

EXCLUSIVO: A história do último português ministro de Angola

Em 1975 havia três representantes de Portugal no Executivo que juntou os movimentos de libertação angolanos. Só um ficou até ao fim: Manuel Resende de Oliveira. A SÁBADO conta-lhe em exclusivo na edição de 6 de Agosto as histórias de um Conselho de Ministros em que era normal os ministros andarem armados

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)