O BES e a PT. Como Salgado dominou a maior empresa do país
08 de abrilCarlos Rodrigues Lima

O BES e a PT. Como Salgado dominou a maior empresa do país

A maior empresa portuguesa terá sido utilizada num jogo de conveniências do GES, a quem deu mais de 8,4 mil milhões de euros durante 14 anos. Pelo meio houve muitas comissões. Até à próxima sexta-feira, dia da decisão do juiz Ivo Rosa, a SÁBADO vai publicar vários textos que retratam o essencial da acusação e das defesas dos arguidos.

O grande plano de Santos Silva e do amigo José Sócrates
07 de abrilNuno Tiago Pinto

O grande plano de Santos Silva e do amigo José Sócrates

Adjudicação de obras públicas e apoio à internacionalização do Grupo Lena: eis como o ex-primeiro-ministro e o amigo planearam ganhar milhões a partir da chegada de Sócrates ao poder. Até à próxima sexta-feira, dia da decisão do juiz Ivo Rosa, a SÁBADO vai publicar vários textos que retratam o essencial da acusação e das defesas dos arguidos.

10
PCP: 100 anos, 100 factos
06 de marçoRicardo Santos

PCP: 100 anos, 100 factos

É o mais antigo partido político português e um dos sobreviventes entre os partidos comunistas mundiais. Celebra hoje 100 anos de vida, com episódios para todos os gostos: aventura, traição, morte, mudança, resistência, apogeu e declínio. No aniversário de século, escolhemos 100 factos que marcaram o mundo dos comunistas portugueses.

Os pupilos da senhora reitora
25 de fevereiroBruno Faria Lopes

Os pupilos da senhora reitora

Das nomeações para o gabinete no ISCTE, de que é reitora, à orientação de teses de ex-governantes e jovens socialistas, a rede de Maria de Lurdes Rodrigues ilustra o circuito fechado, e antigo, entre o PS e uma das universidades mais influentes do País.

Dray: Chegar, ver, vencer e faturar
14 de fevereiroAlexandre R. Malhado

Dray: Chegar, ver, vencer e faturar

A sociedade de advogados para a qual trabalha o negociador do Governo na TAP faturou quase meio milhão de euros em ajustes diretos desde que o jurista lá chegou.

7
Dito: 'Recebi ameaças de morte... era porque gostavam de mim'
03 de setembro de 2020Pedro Ponte

Dito: "Recebi ameaças de morte... era porque gostavam de mim"

Fez carreira no Sporting de Braga, foi campeão no Benfica nos anos 80 e mudou-se para o FC Porto, o que causou reações extremas. Dito faleceu esta quinta-feira, vítima de ataque cardíaco, aos 58 anos. Era atualmente diretor no Gil Vicente, o clube da sua terra. Recorde a entrevista dada à SÁBADO no passado mês de julho.

Sabotadores

O rigor da gestão pública e o combate à corrupção proclamam-se em grandes anúncios públicos. Depois sabotam-se em pequenas manobras de bastidores. Alguns exemplos.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)