Tio-avô de Lalanda de Castro 'interrompe' caso da Máfia do Sangue
09 de outubro de 2020Carlos Rodrigues Lima

Tio-avô de Lalanda de Castro "interrompe" caso da Máfia do Sangue

Defesa do empresário avançou com um incidente de recusa contra o juiz Carlos Alexandre. Motivo: o magistrado foi aluno de Anastácio Nogueira Lalanda, um severo professor de Mação que entrou em conflito com a sua família

As 122 conversas de António Costa no caso Octapharma
08 de novembro de 2019António José Vilela

As 122 conversas de António Costa no caso Octapharma

O antigo secretário de Estado da Saúde, Manuel Pizarro, esteve sob escuta telefónica durante 270 dias, quando ainda era um dos suspeitos. Os telefonemas com o primeiro-ministro foram apanhados acidentalmente e acabaram destruídos.

Os negócios da Máfia do Sangue que levaram à acusação
08 de novembro de 2019António José Vilela

Os negócios da Máfia do Sangue que levaram à acusação

Durante a investigação a Polícia Judiciária e o Ministério Público recolheram inúmeros indícios de concursos públicos para aquisição de plasma que terão sido objeto de crimes de corrupção.

Tudo sobre o interrogatório de Cunha Ribeiro
08 de novembro de 2019António José Vilela

Tudo sobre o interrogatório de Cunha Ribeiro

Acusado de ter sido corrompido pela Octapharma e por Lalanda e Castro, o ex-director da ARSLVT falou durante vários dias. A juíza que o prendeu não acreditou nas explicações.

2
PJ encontrou na Suíça os milhões de Lalanda e Castro
08 de novembro de 2019António José Vilela

PJ encontrou na Suíça os milhões de Lalanda e Castro

A acusação tem mais de mil páginas e visa o empresário Paulo Lalanda de Casto e o antigo presidente do Instituto Nacional de Emergência Médica, Luís Cunha Ribeiro, por crimes de corrupção. Há mais sete acusados, sobretudo médicos.

3
Renda fictícia trama ex-patrão de Sócrates
15 de setembro de 2019SÁBADO

Renda fictícia trama ex-patrão de Sócrates

Empresa de Lalanda de Castro, ex-administrador da Octapharma, foi constituída arguida no caso Máfia do Sangue. Ministério Público diz que Cunha Ribeiro, gestor público da Saúde, usou casa de luxo da Convida sem pagar renda.

A sucessão de erros que matou David Duarte
26 de maio de 2017Raquel Lito

A sucessão de erros que matou David Duarte

Um médico do Hospital de São José aceitou recebê-lo, vindo de Santarém, sabendo que não podia tratá-lo: os especialistas em neurocirurgia e neurorradiologia tinham deixado de fazer prevenções ao fim-de-semana. “Não admito que as pessoas paguem para trabalhar”, afirmou à SÁBADO o chefe do Serviço de Neurorradiologia, João Reis

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)