O amor de Angel Olsen é um lugar estranho
04 de outubro de 2019Diogo Barreto

O amor de Angel Olsen é um lugar estranho

A cantora editou esta sexta-feira All Mirrors, um disco de canções orquestradas, com uma energia mais contida. Angel Olsen continua a fazer canções tristes, bonitas e com um pouco de esperança.

ProfJam só quer 'ser maior do que a vida'
04 de abril de 2019Pedro Henrique Miranda

ProfJam só quer "ser maior do que a vida"

Começou por fazer rap underground nos subúrbios de Lisboa e hoje está no topo das tabelas, com sonoridades modernas e inspiração no divino a alimentar a mensagem. Aí está Profjam, em discurso direto.

NOS Alive, dia 2: De vários rocks se faz um festival
14 de julho de 2018Pedro Henrique Miranda

NOS Alive, dia 2: De vários rocks se faz um festival

No segundo dia de NOS Alive, o rock foi a palavra de ordem: Queens of the Stone Age, The National ou Future Islands abalaram, do seu jeito, o recinto do festival lisboeta.

Crítica de cinema: Proud Mary - A Profissional
08 de março de 2018Pedro Marta Santos

Crítica de cinema: Proud Mary - A Profissional

Leia a crítica de Pedro Marta Santos sobre "Proud Mary", um filme de Babak Najafi sobre uma assassina profissional cuja vida muda radicalmente depois de conhecer o filho de uma das suas vítimas

Crítica de música: Colors, de Beck
31 de outubro de 2017Filipe Lamelas

Crítica de música: Colors, de Beck

O "loser" mais conhecido da música americana voltou aos discos com Colors, em que recupera a pop comercial dos anos 80. Como diria um comediante português, "não havia necessidade"

Crítica de música: Crescent
13 de setembro de 2017Filipe Lamelas

Crítica de música: Crescent

Em certos momentos, Resin Pockets parece remeter para um álbum dos Pavement (ou de Stephen Malkmus a solo) sob o efeito de calmantes

Crítica de música: Luís Severo
03 de abril de 2017Pedro Salgado

Crítica de música: Luís Severo

O novo disco de Severo consagra a sua forma brilhante de compor e interpretar canções, reafirmando a sua originalidade

Crítica de música: Why?
12 de março de 2017Filipe Lamelas

Crítica de música: Why?

Moh Lhean tem uma atmosfera suburbana quase militante. Não é, por isso, um álbum polido ou desenhado para a vida mais ou menos anónima das grandes cidades

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)