O voluntariado, na primeira pessoa
24 de fevereiroGraça Barbosa Ribeiro

O voluntariado, na primeira pessoa

São quase invisíveis, mas muitos estão na primeira linha, a troco de nada. O que move os voluntários em tempos de pandemia? A SÁBADO foi ouvir quatro pessoas com experiências muito diferentes.

Artistas ibéricos unidos. Afinal o que se passa com Pablo Hasél?
19 de fevereiroMariana Branco

Artistas ibéricos unidos. Afinal o que se passa com Pablo Hasél?

Rapper catalão foi condenado a nove meses de prisão pelo que a justiça considerou ser injúrias à monarquia e glorificação do terrorismo. Nas ruas de Espanha há protestos de apoio a Hasél e em Portugal foi criado um manifesto.

A grande ilusão de João Lourenço
17 de fevereiroSara Capelo

A grande ilusão de João Lourenço

Entrou com a promessa de reformador, mas a crise económica, a continuação dos abusos entre os poderosos e a violência policial durante a pandemia criaram um rasto de manifestações e mortes. O seu silêncio é entendido como cumplicidade.

A Dan Cake fazia-se a correr. Mesmo
14 de fevereiroRaquel Lito

A Dan Cake fazia-se a correr. Mesmo

No início era preciso fazer maratonas no tapete rolante, para garantir que se enrolavam as tortas. O patriarca enriqueceu com os bolos, foi condecorado por Presidentes e pedia às funcionárias que tivessem juízo nos namoricos.

25 de abril: um apóstolo do socialismo
13 de fevereiroJoão Pedro George

25 de abril: um apóstolo do socialismo

Agora sabemos que há, pelo menos, dois Megas: o propagandista do Estado Novo e o marxista-leninista do PREC; o negacionista de Wiriamu e o gestor cultural que navega nas turvadas águas do PS. A sua produção discursiva, antes e depois do 25 de Abril, demonstra de que lado sempre quis estar: do lado de quem tem o poder. No fim de contas, Mega limitou-se a mudar para que Mega pudesse ficar na mesma.

Vereador da Câmara de Lisboa foi vacinado num lar de idosos
11 de fevereiroMarco Alves

Vereador da Câmara de Lisboa foi vacinado num lar de idosos

E também a diretora da Higiene Urbana. CML diz que Filipa Penedos fez "recolha de seringas” e que Carlos Manuel Castro esteve "envolvido no processo". Topo da hierarquia da Polícia Municipal também foi vacinado em lares.

Vacinação: retrato de um plano amador
10 de fevereiroLucília Galha

Vacinação: retrato de um plano amador

Listas de pessoas a vacinar não são controladas. Há doses que foram para o lixo e sobras que foram parar ao braço de um vereador de câmara de Lisboa. Esta quinta-feira, a SÁBADO publica uma grande investigação ao plano de vacinação para a covid-19.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)