CDS está em 'primárias'. Isso muda alguma coisa?
17 de abrilMargarida Davim

CDS está em "primárias". Isso muda alguma coisa?

Os centristas estão a eleger delegados para o Conselho Nacional. E há quem olhe para as eleições como uma forma de começar a mexer na liderança. Na direção tenta-se manter a influência, na oposição interna fala-se numa "reconfiguração" do órgão que vota moções de censura e confiança ao líder.

Moedas, o candidato que apanhou PSD e CDS (quase) de surpresa
26 de fevereiroMargarida Davim

Moedas, o candidato que apanhou PSD e CDS (quase) de surpresa

Rui Rio e Francisco Rodrigues dos Santos deixaram as estruturas locais de PSD e CDS às escuras sobre quem seria o candidato à Câmara de Lisboa. As hesitações de Carlos Moedas fizeram o resto, num processo em que até o passismo foi argumento a favor da candidatura.

Lisboa, um nó que a direita ainda não desatou
18 de fevereiroMargarida Davim

Lisboa, um nó que a direita ainda não desatou

Recusas, hesitações, cortes de relações. Já houve de tudo na procura de um adversário para Fernando Medina. Rui Rio e Francisco Rodrigues dos Santos têm um problema difícil para resolver e poucas soluções em cima da mesa, numa altura em que as estruturas locais de PSD e CDS já estão à beira de um ataque de nervos.

3
Manuel Salgado, o homem que manda(va) na cidade
11 de fevereiroMargarida Davim

Manuel Salgado, o homem que manda(va) na cidade

O ex-vereador do Urbanismo que pediu a demissão da presidência da SRU, já foi o homem com mais poder na Câmara de Lisboa. Há quem o compare ao Marquês de Pombal e não falta quem questione a forma absoluta como decide ou ponha em causa o modo como gere conflitos de interesses com a família.

4
CDS: A teoria do cavalo de Tróia no Conselho Nacional
09 de fevereiroMargarida Davim

CDS: A teoria do cavalo de Tróia no Conselho Nacional

No rescaldo do Conselho Nacional, os próximos de Francisco Rodrigues dos Santos ainda analisam o que se passou na reunião em que Adolfo Mesquita Nunes desafiou o líder. No puzzle de factos e protagonistas, há quem veja uma tentativa de golpe encabeçada pelo Conselho de Jurisdição Nacional.

CDS: A “golpada” e a frente de resistência
29 de janeiroMargarida Davim

CDS: A “golpada” e a frente de resistência

CDS vai ter Conselho Nacional. Decisão foi tomada em noite longa, em que os próximos do líder analisaram o assalto ao poder e garantiram que não sairão sem dar luta.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)