Isabel dos Santos perde controlo de participação acionista na Unitel e direito a dividendos
07 de dezembro de 2020Lusa

Isabel dos Santos perde controlo de participação acionista na Unitel e direito a dividendos

Os administradores passam também a controlar a participação de 25%, incluindo os direitos inerentes a essa participação, nomeadamente direitos de voto e de representação da Vidatel nas assembleias gerais de acionistas da Unitel e o direito da Vidatel a receber dividendos passados e futuros (incluindo juros sobre os mesmos) da Unitel.

30 de outubro de 2020António José Vilela

Os milhões e os negócios suspeitos de Sindika e Isabel dos Santos em Portugal

Sindika Dokolo e a mulher Isabel dos Santos são visados em, pelo menos, oito processos crime. Os negócios de diamantes, a compra de imóveis de luxo, os empréstimos milionários para controlar empresas nacionais, o uso da Zona Franca da Madeira por testas de ferro. O marido de Isabel dos Santos morreu esta quinta-feira.

Depois do pai e da cunhada, caso EDP chega ao irmão do ex-secretário de Estado
20 de agosto de 2020Carlos Rodrigues Lima

Depois do pai e da cunhada, caso EDP chega ao irmão do ex-secretário de Estado

No primeiro interrogatório, Artur Trindade disse não ter conhecimento de mais alguém da família ligado ao setor da energia, mas é sócio de um grupo ligado às energias renováveis. Juiz Carlos Alexandre admite que Passos Coelho e Vítor Gaspar, Carlos Moedas e Álvaro Santos Pereira sejam ouvidos no processo.

O que escondiam as 71 actas secretas de Ricciardi
28 de julho de 2020Fernando Esteves

O que escondiam as 71 actas secretas de Ricciardi

Não era suposto que qualquer dos membros do Conselho Superior revelasse as reuniões ou sequer a existência do órgão. Percebe-se porquê: nas actas de 2006, já admitiam que estavam à beira da falência técnica; e nas de 2012, relatam a reunião em que Pedro Queiroz Pereira os enfrentou.

4
Como os Espírito Santo se fizeram ricos - e perderam tudo, várias vezes
16 de julho de 2020SÁBADO

Como os Espírito Santo se fizeram ricos - e perderam tudo, várias vezes

Os primos Ricardo e José Manuel, antes inseparáveis, são agora acusados pelo Ministério Público. A queda do Dono Disto Tudo arrastou um terceiro ramo da família e levou a reuniões secretas num clã que já antes perdera o banco, mas mantivera o nome incólume - até 2014

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)