Luís Champalimaud, a queda de um milionário
08 de abrilAna Taborda

Luís Champalimaud, a queda de um milionário

O herdeiro de mais de 200 milhões de euros de uma das maiores fortunas portuguesas está em apuros: vendeu fazendas no Brasil, entregou duas herdades icónicas ao BCP e foi parar a um fundo-abutre. O negócio em que o pai foi rei, o cimento, está a ser o fim da herança do filho. Luís mantém a esperança, mas as perspetivas são negras.

Os melhores descontos em hotéis para desconfinar nas férias
18 de marçoSÁBADO

Os melhores descontos em hotéis para desconfinar nas férias

Os próximos meses vão ser de desforra e, de norte a sul e nas ilhas, há dezenas de hotéis, resorts e pequenos refúgios com promoções e bons preços. Saiba o que fazer no Alentejo, no Douro e no Algarve e marque já as suas férias para fazer melhores negócios

Versões lusas das castas do mundo
16 de marçoRita Bertrand

Versões lusas das castas do mundo

Plantadas a pensar na exportação, porque os estrangeiros não conhecem as nossas, estas variedades de uvas são celebradas no mundo inteiro. Saiba identificá-las, provando esta seleção de 16 vinhos.

10 sandes imperdíveis para comer em casa
06 de marçoCatarina Moura

10 sandes imperdíveis para comer em casa

Não comece a correr para a cozinha, não vai ter de mexer em tachos e muito menos tentar cortar fatias de pão simétricas. Há novas sandes em Lisboa e no Porto que vão ter a casa, algumas pensadas em especial para o confinamento.

Como os supermercados viciaram preços durante quase 10 anos
04 de marçoBruno Faria Lopes

Como os supermercados viciaram preços durante quase 10 anos

A Autoridade da Concorrência publicou as decisões, com excertos de centenas de emails, que sustentam a multa histórica de 304 milhões de euros aos maiores supermercados e aos fornecedores de cervejas Sagres, águas do Luso e outras bebidas.

Anos 80: o regresso das elites às caçadas
21 de fevereiroMarco Alves

Anos 80: o regresso das elites às caçadas

Depois do 25 de Abril, o Alentejo ficou quase deserto de ricos, milionários e latifundiários. Voltaram nos anos 80 para grandes temporadas de caça a faisões, javalis, lebres e raposas.

Numa mesa portuguesa fica sempre bem um bom azeite
15 de fevereiroFilipa Teixeira

Numa mesa portuguesa fica sempre bem um bom azeite

Um simples fio de azeite pode elevar um prato muito bom ao olimpo gastronómico. Em Portugal, há muitos e bons azeites para todos os gostos. É tempo de darmos o devido protagonismo a este ouro da cozinha.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)