Os perigos dos novos medicamentos para emagrecer
Lucília Galha

Os perigos dos novos medicamentos para emagrecer

São muito eficazes, mas têm dois custos. Um é o preço, os injetáveis são caros e não estão comparticipados. Outro são os efeitos secundários. Há pessoas que abandonam a medicação porque passam dias inteiros maldispostas ou a vomitar. Há quem não consiga levantar-se da cama por causa das tonturas e até relatos de pensamentos suicidas associados à toma. Estes fármacos estão indicados para pessoas com excesso de peso e obesidade, mas há muita gente a fazê-los só por vaidade, sem que existam estudos que provem que são seguros quando não há doença.

Sou sexy. Votas em mim?
Alexandre R. Malhado

Sou sexy. Votas em mim?

Pedro Nuno Santos é “gatinho” nas redes sociais. Isso conta? Um estudo de 2013 revela que políticos com “imagem cuidada” são mesmo mais persuasivos.

Jogar ténis pode ensinar um gestor a ser melhor?
Ana Taborda

Jogar ténis pode ensinar um gestor a ser melhor?

Ana Figueiredo, presidente da Altice, garante que sim. Já o designer Philippe Starck passou a dar mais importância aos pequenos erros depois de se despenhar de avião – e de sobreviver para contar a história. Para o advogado Nuno Galvão Teles, descontrair é cozinhar.

A vida de luxo dos portugueses no Dubai
Marco Alves

A vida de luxo dos portugueses no Dubai

Os salários são muito mais altos do que em Portugal e não há IRS – o que se ganha é o que cai na conta. A criminalidade é tão baixa que há quem deixe o carro aberto. Estão rodeados de luxo e são aliciados pelos bancos para comprarem um Porsche ou um Ferrari. Há 351 portugueses donos de imóveis no Dubai e há quem gaste 10 milhões de euros numa casa.

Suplementos? Só para quem precisa
Susana Lúcio

Suplementos? Só para quem precisa

Creatina, proteína e vitamina D são algumas das substâncias vendidas em embalagens que prometem mais massa muscular e mais saúde, mas há riscos.

Os santuários do Hamas fora de Gaza
Maria Henrique Espada

Os santuários do Hamas fora de Gaza

Israel anuncia que quer destruir o movimento, mas o seu braço militar não chega ao Qatar nem à Turquia. E é aí que vive, bem e com guarda-costas, a liderança política. Quem são os seus anfitriões?

Os novos modelos grisalhos
Íris Fernandes

Os novos modelos grisalhos

Reformados transformados em manequins têm cada vez mais trabalho. Há até quem receba 10 mil euros por campanhas publicitárias. Conheça cinco casos de sucesso em Portugal.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana