A guerra colonial não acabou

O debate sobre a guerra colonial não deve ser feito pela manipulação ideológica da esquerda ou da direita. Deve ser feito com mais rigor e menos subjetividade. Deve ser um debate de reconciliação entre portugueses, não de ódio e vingança

Covid-19: Forças Armadas já visitaram 2.124 lares, restando apenas 38
23 de fevereiroLusa

Covid-19: Forças Armadas já visitaram 2.124 lares, restando apenas 38

Fazendo um balanço geral do apoio das Forças Armadas à pandemia da covid-19, Gomes Cravinho salientou as "centenas de militares envolvidos no apoio aos lares", em ações de sensibilização e formação, "num esforço pedagógico extremamente importante para podermos viver em segurança com este vírus".

Covid-19: Dia da Defesa Nacional novamente adiado até 30 de abril
22 de fevereiroLusa

Covid-19: Dia da Defesa Nacional novamente adiado até 30 de abril

O Dia da Defesa Nacional, "que fica com início previsto para 01 de maio, irá abranger, ao longo do ano, um total de 58.943 jovens nascidos em 2002 e ainda 30.641, cuja comparência foi adiada devido à suspensão ocorrida durante o ano de 2020", esclareceu o ministério.

Padre Guilherme, o DJ que transformou a capela em discoteca
20 de fevereiroPedro Henrique Miranda

Padre Guilherme, o DJ que transformou a capela em discoteca

Além de liderar a paróquia de Laundos, na Póvoa do Varzim, Guilherme Peixoto é DJ residente no Ar de Rock, discoteca que criou na Capela do Monte de São Félix para dinamizar a comunidade local. No Instagram, os seus diretos são um improvável sucesso.

Marcelino da Mata, o comando que escapou a uma certidão de óbito por fuzilamento
14 de fevereiroEduardo Dâmaso

Marcelino da Mata, o comando que escapou a uma certidão de óbito por fuzilamento

Na morte de Marcelino da Mata regressa o seu mito mas também a memória dos comandos africanos deixados a morrer em Bissau, às mãos do PAIGC. Uma página de ignomínia na história portuguesa contemporânea, que permanece como uma ferida aberta, a que mais facilmente podemos chamar crime de guerra do que a qualquer operação dos comandos africanos feitas no teatro de um conflito que representou, mais do que qualquer outro, o estertor do império colonial português.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)