Versões lusas das castas do mundo
16 de marçoRita Bertrand

Versões lusas das castas do mundo

Plantadas a pensar na exportação, porque os estrangeiros não conhecem as nossas, estas variedades de uvas são celebradas no mundo inteiro. Saiba identificá-las, provando esta seleção de 16 vinhos.

Um Funcionário Zeloso do Fascismo
07 de fevereiroJoão Pedro George

Um Funcionário Zeloso do Fascismo

Na mesma altura em que foi constituída, no âmbito do Comité dos 24 da ONU, a Comissão de Inquérito aos massacres de Moçambique, que confirmaria a veracidade dos acontecimentos, António Mega Ferreira continuava com a armadura ideológica do regime posta, não parava de produzir relatórios de contra-informação que atacavam as “manobras políticas e as conspirações de bastidores”.

“Há queijo que cheira a suor e a ananás”
02 de janeiroVanda Marques

“Há queijo que cheira a suor e a ananás”

Cientista de comida, formado em Astronomia, foi colunista do New York Times e é professor convidado em Harvard. Vive na Califórnia e uma das suas castas de vinho preferidas é portuguesa.

Bruxelas e Londres fazem última tentativa para evitar não acordo no Brexit
07 de dezembro de 2020Jornal de Negócios

Bruxelas e Londres fazem última tentativa para evitar não acordo no Brexit

Desde o início que o processo de Brexit está repleto de últimos esforços e data decisivas. Mas com o tempo para um acordo sobre a relação futura a chegar sem que o impasse nos pontos essenciais seja superado, UE e Reino Unido fazem último esforço para impedir um não acordo.

“São as coisas baratas que mudam o mundo”
22 de novembro de 2020Vanda Marques

“São as coisas baratas que mudam o mundo”

Ficou conhecido com o livro Economista Disfarçado, agora ajuda-nos a ler as estatísticas. Diz que hoje somos facilmente enganados porque queremos ganhar discussões. E que a estante Billy é das melhores invenções.

Reino Unido vai infetar voluntários com Covid-19 para testar vacina
20 de outubro de 2020Diogo Camilo

Reino Unido vai infetar voluntários com Covid-19 para testar vacina

O governo de Boris Johnson vai investir 37 milhões de euros em ensaios clínicos que passam por infetar deliberadamente jovens com o novo coronavírus para testar a eficácia de uma possível vacina. Novos testes são chamados de "desafios humanos" e começam em janeiro.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)