Luís Champalimaud, a queda de um milionário
08 de abrilAna Taborda

Luís Champalimaud, a queda de um milionário

O herdeiro de mais de 200 milhões de euros de uma das maiores fortunas portuguesas está em apuros: vendeu fazendas no Brasil, entregou duas herdades icónicas ao BCP e foi parar a um fundo-abutre. O negócio em que o pai foi rei, o cimento, está a ser o fim da herança do filho. Luís mantém a esperança, mas as perspetivas são negras.

Palhinha: O betinho que em campo se transforma num monstro
08 de abrilCarlos Torres

Palhinha: O betinho que em campo se transforma num monstro

No Sacavenense, em miúdo, era muito recatado e betinho, mas "chegava ao campo e transformava-se num monstro". João Palhinha festejava os golos com um salto mortal, quis jogar depois da morte do avô, foi recusado pelo Benfica e agora brilha no Sporting.

O BES e a PT. Como Salgado dominou a maior empresa do país
08 de abrilCarlos Rodrigues Lima

O BES e a PT. Como Salgado dominou a maior empresa do país

A maior empresa portuguesa terá sido utilizada num jogo de conveniências do GES, a quem deu mais de 8,4 mil milhões de euros durante 14 anos. Pelo meio houve muitas comissões. Até à próxima sexta-feira, dia da decisão do juiz Ivo Rosa, a SÁBADO vai publicar vários textos que retratam o essencial da acusação e das defesas dos arguidos.

O político que disse 'eu demito-me': Jorge Coelho (1954-2021)
07 de abrilMaria Henrique Espada

O político que disse "eu demito-me": Jorge Coelho (1954-2021)

Coelhone, bombeiro, todo-o-terreno, todo-poderoso, king-maker, o Jorge: acumulou alcunhas, poder, mas cultivou sempre a proximidade de homem do povo. Em todas as conversas dizia "o meu caro amigo". Fez de tudo: manobras de bastidores e discursos inflamados. Mas numa noite de março de 2001 demitiu-se e esse gesto definiu-lhe a carreira. Morreu esta quarta-feira.

O grande plano de Santos Silva e do amigo José Sócrates
07 de abrilNuno Tiago Pinto

O grande plano de Santos Silva e do amigo José Sócrates

Adjudicação de obras públicas e apoio à internacionalização do Grupo Lena: eis como o ex-primeiro-ministro e o amigo planearam ganhar milhões a partir da chegada de Sócrates ao poder. Até à próxima sexta-feira, dia da decisão do juiz Ivo Rosa, a SÁBADO vai publicar vários textos que retratam o essencial da acusação e das defesas dos arguidos.

FC Porto: como acabar com a maldição inglesa
07 de abrilCarlos Torres

FC Porto: como acabar com a maldição inglesa

Com uma eliminatória que se jogará inteiramente em Sevilha, será desta que os dragões vão conseguir ultrapassar a malapata com os ingleses? O FC Porto já venceu o Chelsea por duas vezes, mas nunca ultrapassou os blues.

Operação Marquês: O dinheiro e o poder de mãos dadas
07 de abrilNuno Tiago Pinto

Operação Marquês: O dinheiro e o poder de mãos dadas

Segundo o Ministério Público, José Sócrates e Ricardo Salgado foram os expoentes máximos de várias pessoas que terão conspirado para usar os cargos que exerciam para se apoderarem de muitos milhões de euros. Até à próxima sexta-feira, dia da decisão do juiz Ivo Rosa, a SÁBADO vai publicar vários textos que retratam o essencial da acusação e das defesas dos arguidos.

Vida de luxo. Os milhões a que Sócrates perdeu a conta
07 de abrilOctávio Lousada Oliveira

Vida de luxo. Os milhões a que Sócrates perdeu a conta

Não tinha rendimentos além dos de primeiro-ministro mas dinheiro não lhe faltava: para gastos pessoais e também para distribuir pela família e amigas. O dinheiro vinha do testa-de-ferro Santos Silva. Leia as explicações que Sócrates deu ao juiz Ivo Rosa

Memes da política nacional
04 de abrilRicardo Santos

Memes da política nacional

Alguns dos melhores momentos de humor associado à política portuguesa acontecem online. Partilhados e comentados uma e outra vez, os memes entraram na rotina de grupos de Whatsapp, murais de Facebook ou feeds de Twitter. Geram discussão, ódios, amores e sorrisos. Ninguém fica imune.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)