Médica que deu alta a criança que morreu em Évora acusada de negligência
20 de outubroLusa

Médica que deu alta a criança que morreu em Évora acusada de negligência

"Ao conceder alta à criança sem que o quadro clínico respetivo estivesse estabilizado, a arguida desrespeitou as 'legis artis', as orientações técnicas da Direção-Geral da Saúde a seguir nas urgências em idade pediátrica e o protocolo do HESE a seguir nos casos de laringotraqueíte aguda", é referido no comunicado.

A vida desconhecida de Maud Queiroz Pereira
14 de outubroAna Taborda

A vida desconhecida de Maud Queiroz Pereira

A matriarca de uma das mais poderosas famílias portuguesas deixou milhares de euros aos empregados e distribuiu as suas muitas joias e peças de arte pela família e amigos. Discreta e aventureira, chegou a saltar de paraquedas com um dos filhos e até aos 94 anos nadava todos os dias – só já não mergulhava de cabeça.

Advogado de Ricardo Salgado diz que acusação no processo GES é 'infundada'
08 de setembroLusa

Advogado de Ricardo Salgado diz que acusação no processo GES é "infundada"

O requerimento de abertura de instrução do processo GES, com 777 páginas, foi entregue na segunda-feira pelos advogados do ex-banqueiro, Francisco Proença de Carvalho e Adriano Squilacce, em resposta à acusação do Ministério Público, que tem quase quatro mil páginas e envolve 25 arguidos (18 pessoas e sete empresas).

Ricardo Salgado chama Pedro Passos Coelho
08 de setembroCarlos Rodrigues Lima

Ricardo Salgado chama Pedro Passos Coelho

Ex-primeiro ministro é uma das 82 testemunhas arroladas pelo antigo presidente do BES para a fase de instrução do processo-crime. Defesa revela carta do antigo responsável pelas contas da ESI, Francisco Machado da Cruz, dizendo que houve uma tentativa de chantagem

Sem desperdício, sem caixote do lixo
22 de agostoCatarina Moura

Sem desperdício, sem caixote do lixo

Usam a fruta até ao caroço e os animais até ao osso – nada pode ir para o lixo ou para a reciclagem. O Sem é o novo restaurante de Alfama, em Lisboa, e quer regenerar o mundo.

Ricardo Salgado quer safar-se do processo Marquês com dinheiro congelado
08 de agostoSÁBADO

Ricardo Salgado quer safar-se do processo Marquês com dinheiro congelado

O ex-banqueiro não tem dinheiro disponível para restituir os 10,7 milhões, mas pretende utilizar o seu património, ou seja, o valor arrestado pela Justiça na pensão (1,5 milhões de euros), nas contas bancárias, na Suíça, (8,5 milhões de euros), nos bens móveis (726 mil euros) e nas cauções que já prestou.

A Newsletter SÁBADO É TODOS OS DIAS no seu e-mail
NEWSLETTER EXCLUSIVA PARA ASSINANTES O resumo das notícias pela redação da SÁBADO, sempre ao início da manhã. (Enviada de segunda a sexta)