Moniz da Maia: A Interpol já procurou este milionário
30 de abrilAna Taborda

Moniz da Maia: A Interpol já procurou este milionário

Chegou a ter um mandado de captura internacional – entretanto retirado –, perdeu um jacto e um iate para pagar dívidas. Bernardo está a reorganizar os negócios da família: tudo começou com a construção da auto-estrada Lisboa-Caxias, depois veio a fábrica de tomate que acabou com o desemprego na Azambuja e a entrada no BCP com mais acções que Américo Amorim.

Os paradoxos criados por Ivo Rosa

Durante anos, muita gente andou a bater à porta errada: afinal, segundo o juiz, o “dono disto tudo” era Carlos Santos Silva e não Ricardo Salgado. A narrativa de Ivo Rosa permite outra conclusão: Zeinal Bava foi um “totó” quando devolveu 17 milhões de euros.

O depoimento explosivo que cola Marcelo a Ricardo Salgado
14 de abrilCarlos Rodrigues Lima

O depoimento explosivo que cola Marcelo a Ricardo Salgado

Pedro Queiroz Pereira declarou ao Ministério Público que, no passado, o banqueiro "comprou" o atual Presidente da República, contratando o escritório da namorada. "Eu sou incomprável", respondeu Marcelo Rebelo de Sousa à SÁBADO.

Lisboa eleita um dos 21 lugares do futuro
24 de marçoLusa

Lisboa eleita um dos 21 lugares do futuro

Lisboa foi escolhida "entre mais de 150 cidades de todo o mundo, como um dos 21 lugares do futuro", segundo a Cognizant. É uma das três cidades europeias da lista.

Carlos Moedas, o senhor troika, vai até Lisboa 
15 de marçoMargarida Davim

Carlos Moedas, o senhor troika, vai até Lisboa 

Começou na Goldman Sachs para pagar a dívida de Harvard e deu a cara pela austeridade: o seu apelido podia ser alcunha. Mas troca o conforto da Gulbenkian para enfrentar Medina.

O que escondiam as 71 actas secretas de Ricciardi
28 de julho de 2020Fernando Esteves

O que escondiam as 71 actas secretas de Ricciardi

Não era suposto que qualquer dos membros do Conselho Superior revelasse as reuniões ou sequer a existência do órgão. Percebe-se porquê: nas actas de 2006, já admitiam que estavam à beira da falência técnica; e nas de 2012, relatam a reunião em que Pedro Queiroz Pereira os enfrentou.

Como os amigos foram abandonando Ricardo Salgado
17 de julho de 2020Ana Taborda

Como os amigos foram abandonando Ricardo Salgado

Dois anos após o colapso do BES, um filho preferiu ir trabalhar para o Canadá, os ex-colaboradores desapareceram e até deixou de cumprimentar o tio Ricciardi na missa.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)