Mais detenções em Hong Kong. Motivo: Livros infantis
22 de julhoRita Pereira Carvalho

Mais detenções em Hong Kong. Motivo: Livros infantis

Desde que a Lei da Segurança Nacional foi aprovada, no ano passado, já foram detidas mais de 100 pessoas em Hong Kong. Esta quinta-feira, foram presas mais cinco pessoas, desta vez por publicarem três livros infantis que, segundo as autoridades, promovem o ódio contra o governo.

A vida de luxo de Nuno Vasconcellos no Brasil
22 de julhoHudson Corrêa

A vida de luxo de Nuno Vasconcellos no Brasil

O antigo dono do grupo Ongoing, que deixou em Portugal dívidas perto de mil milhões de euros, a mulher e amigos de confiança montaram uma teia de negócios no Brasil. Fomos ver como vive o empresário e revelamos documentos bancários com movimentos suspeitos de muitos milhões de euros.

Todos os suspeitos da Operação Cartão Vermelho
15 de julhoAntónio José Vilela

Todos os suspeitos da Operação Cartão Vermelho

A investigação vai muito além dos negócios de Luís Filipe Vieira. O Ministério Público e a Autoridade Tributária escutaram e vigiaram nos últimos anos Pinto da Costa, Fernando Gomes e o empresário Pedro Pinho. Há negócios milionários em causa

Portugal-Hungria: à espera do novo momento-bola no poste
15 de junhoCarlos Torres

Portugal-Hungria: à espera do novo momento-bola no poste

Em 13 jogos, Portugal nunca perdeu com a Hungria. E também não vai ser agora, certo? Uma vitória no jogo de abertura da seleção neste "grupo da morte", onde estão Alemanha e França, os dois últimos campeões do mundo, poderá ser essencial para seguir em frente. Nem que seja como um dos melhores terceiros, como aconteceu em 2016. Aliás, quem não se importaria de repetir o Europeu de França?

O que esperar do primeiro encontro entre Biden e Putin
14 de junhoBruno Faria Lopes

O que esperar do primeiro encontro entre Biden e Putin

Não faltarão assuntos quentes para a conversa inaugural, marcada para dia 16, entre os presidentes dos Estados Unidos e da Rússia. Biden quer iniciar a sua relação com o Kremlin, liderado pelo homem que acusou de não ter alma.

Odemira: “Pensava que Portugal era um sonho, mas não há nada aqui”
05 de maioRita Pereira Carvalho

Odemira: “Pensava que Portugal era um sonho, mas não há nada aqui”

Muitos imigrantes chegam à região do Alentejo para trabalhar nas estufas que se têm multiplicado nos últimos anos, mas acabam a dividir quarto com várias pessoas e muitos pagam para ter um contrato. Há quem veja Portugal como uma oportunidade para ser livre e há quem só queira fugir.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)