Terapeutas da fala exigem prioridade na vacinação
OntemMargarida Davim

Terapeutas da fala exigem prioridade na vacinação

São profissionais de saúde, mas não estão a ser vacinados como prioritários. Associação já pediu explicação à task force e quer esclarecer os critérios que estão a ser aplicados nas escolas depois de ter informação de que alguns destes terapeutas já receberam vacina.

Beatriz Gomes Dias defende transportes públicos gratuitos em Lisboa
11 de abrilLusa

Beatriz Gomes Dias defende transportes públicos gratuitos em Lisboa

"A nova Lisboa que queremos construir está assente em cinco pilares principais, que serão as prioridades do nosso programa: 1) responder à crise social; 2) garantir o direito à habitação; 3) lutar pelo clima e mudar a mobilidade; 4) combater as desigualdades e defender a igualdade plena; 5) garantir o direito à criação e fruição cultural", apontou Beatriz Gomes Dias.

Direito à habitação continua a falhar em Portugal
07 de abrilRita Pereira Carvalho

Direito à habitação continua a falhar em Portugal

Amnistia Internacional recorda casos de despejo em Lisboa, no ano passado, para mostrar que o direito à habitação ainda não está garantido em Portugal. E entende que o apoio dado às pessoas em situação de sem-abrigo foi insuficiente e deixado às autoridades locais e a voluntários.

O salazar

Tal como o salazar da cozinha tentou introduzir a ordem na preparação dos alimentos, afastando os profissionais da desordem, da agitação e da perturbação social (entenda-se: as crianças), o tirano de Santa Comba Dão tentou acabar com a suposta anarquia nas ruas.

Covid-19: Europa e OMS defendem Tratado sobre Pandemias como 'legado'
30 de marçoLusa

Covid-19: Europa e OMS defendem Tratado sobre Pandemias como "legado"

Hoje foi publicado um texto de opinião, em órgãos de comunicação social de todo o mundo, a defender a proposta de um tratado internacional sobre pandemias e de "uma arquitetura sanitária internacional mais robusta", subscrito por Charles Michel, Ghebreyesus e 25 outros líderes mundiais, entre os quais o primeiro-ministro António Costa.

O apartheid cultural

Determinar aquilo que fazemos em função da nossa etnia, género ou orientação sexual só aumenta os preconceitos. Dará aos extremistas aquilo que pretendem. Eles precisam disso. A esmagadora maioria da humanidade, não. 

Quando eu fui vítima de racismo
21 de março

Quando eu fui vítima de racismo

Sentem na pele a discriminação e lutam contra ela. No Dia Internacional contra a Discriminação Racial, 14 pessoas partilham as histórias que as marcaram.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)