8
Carlos Moedas: não há Geringonça, “ou ganha ele ou ganho eu”
20 de junhoMaria Henrique Espada

Carlos Moedas: não há Geringonça, “ou ganha ele ou ganho eu”

Fomos com Carlos Moedas ao teatro, ver a peça Sr. Moedas, inspirada na sua vida. Na política também há showbiz, admite, é preciso convencer. E escolher o palco – Moedas não esteve no do MEL. E os atores – gostava de ver Passos Coelho na campanha.

Quando eu fui vítima de racismo
21 de março

Quando eu fui vítima de racismo

Sentem na pele a discriminação e lutam contra ela. No Dia Internacional contra a Discriminação Racial, 14 pessoas partilham as histórias que as marcaram.

Os melhores descontos em hotéis para desconfinar nas férias
18 de marçoSÁBADO

Os melhores descontos em hotéis para desconfinar nas férias

Os próximos meses vão ser de desforra e, de norte a sul e nas ilhas, há dezenas de hotéis, resorts e pequenos refúgios com promoções e bons preços. Saiba o que fazer no Alentejo, no Douro e no Algarve e marque já as suas férias para fazer melhores negócios

Bastidores: Férias com descontos

Nesta edição mostramos-lhe como pode começar a preparar as suas férias de verão nos melhores hotéis e a preços baixos. Traçamos o perfil do polémico Alfredo Casimiro e juntamos os testemunhos de 14 portugueses que foram vítimas de racismo.

Como Angola dominou os bancos portugueses
22 de fevereiroAntónio José Vilela

Como Angola dominou os bancos portugueses

O braço de ferro durou anos. Houve pressões, jogos de bastidores e muito dinheiro envolvido. Os milhões de Angola colocados na banca nunca tiveram uma origem bem definida: eram do Estado e de figuras poderosas do regime liderado por José Eduardo dos Santos. Estas são as histórias dos esquemas cruzados, offshores, lavagem de dinheiro e relações perigosas.

Como Angola escondeu a fraude no BES
18 de fevereiroCarlos Rodrigues Lima

Como Angola escondeu a fraude no BES

O procurador do caso BES considerou que os acionistas do banco angolano fizeram uma espécie de chantagem: ou havia uma garantia soberana ou revelavam publicamente a fraude, que arrastaria todo o sistema bancário.

Isabel dos Santos perde controlo de participação acionista na Unitel e direito a dividendos
07 de dezembro de 2020Lusa

Isabel dos Santos perde controlo de participação acionista na Unitel e direito a dividendos

Os administradores passam também a controlar a participação de 25%, incluindo os direitos inerentes a essa participação, nomeadamente direitos de voto e de representação da Vidatel nas assembleias gerais de acionistas da Unitel e o direito da Vidatel a receber dividendos passados e futuros (incluindo juros sobre os mesmos) da Unitel.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)