Bárbara Guimarães: “Tinha 40% de hipóteses de sobreviver a este cancro”
Vanda Marques

Bárbara Guimarães: “Tinha 40% de hipóteses de sobreviver a este cancro”

Prestes a fazer 50 anos, no dia 21 de abril, diz à SÁBADO que sofreu um assassinato de caráter, que o processo de violência doméstica foi demasiado penoso, que lhe prejudicou a carreira, mas que se fez justiça. Mantém que nunca dirá mal do ex-marido, por causa dos filhos. Conta que não se leva a sério e que o cancro a mudou.

Duarte D'Orey: O gestor maravilha que deixou um rasto de destruição
António José Vilela

Duarte D'Orey: O gestor maravilha que deixou um rasto de destruição

Foi o presidente mais novo de empresas cotadas e quis ser banqueiro. Negociou fundos de futebol, viveu num palacete na Lapa, deixou centenas de credores. O Banco de Portugal tirou a licença a uma das suas empresas e a CMVM decidiu que, até agosto, a centenária Orey Antunes tem de sair da Bolsa.

Vivendo e aprendendo

Daniel Proença de Carvalho afirmou expressamente o seguinte: "Penso que há preconceitos contra pessoas de sucesso, contra os ricos, contra os poderosos, há preconceitos que são visíveis, nomeadamente na justiça criminal".

A queda de Joaquim Oliveira, o “São Martinho de Penafiel”
Carlos Rodrigues Lima

A queda de Joaquim Oliveira, o “São Martinho de Penafiel”

Depois de ter dominado o mundo do futebol através da Olivedesportos, o empresário aventurou-se no negócio dos media. Os bancos colocaram-lhe dinheiro nas mãos, mas declarou falência há dois anos, com dívidas de 750 milhões. O DCIAP está a investigar os contornos da insolvência da Controlinveste.

Como Angola dominou os bancos portugueses
António José Vilela

Como Angola dominou os bancos portugueses

O braço de ferro durou anos. Houve pressões, jogos de bastidores e muito dinheiro envolvido. Os milhões de Angola colocados na banca nunca tiveram uma origem bem definida: eram do Estado e de figuras poderosas do regime liderado por José Eduardo dos Santos. Estas são as histórias dos esquemas cruzados, offshores, lavagem de dinheiro e relações perigosas.

Anos 80: o regresso das elites às caçadas
Marco Alves

Anos 80: o regresso das elites às caçadas

Depois do 25 de Abril, o Alentejo ficou quase deserto de ricos, milionários e latifundiários. Voltaram nos anos 80 para grandes temporadas de caça a faisões, javalis, lebres e raposas.

4
Os documentos secretos do BES/Angola
Carlos Rodrigues Lima

Os documentos secretos do BES/Angola

Depois do “caso BES”, um dos próximos passos do Ministério Público é o banco angolano, rodeado de histórias de levantamentos de milhões em numerário, advogados e reuniões escaldantes. SÁBADO revela documentos até hoje em segredo.

Acionistas compram dívidas da Global Media
Jornal de Negócios

Acionistas compram dívidas da Global Media

Acionistas da Global Media compraram a dívida da empresa dona do DN, JN e TSF ao BCP e Novo Banco. As dívidas da Global Media terão sido adquiridas com um "perdão" de 80 a 85%.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana