Cuidados intensivos

Isto é um assalto

Se algo faz mal aos mais pobres, devemos limitar ou abolir o acesso deles à fonte dos seus infortúnios. Porque os pobres, sugere o novo puritanismo, são como crianças que não entendem os males do mundo. Precisam de uma mão tutelar, e obviamente estatal, para poderem viver e crescer nos seus habitats incorrompidos

Estados com planos aprovados devem receber fundos até junho
24 de fevereiroLusa

Estados com planos aprovados devem receber fundos até junho

O titular da pasta do Planeamento vincou ainda ser "necessário" que os 27 concluam o processo de decisão sobre os recursos próprios, tendo a presidência programado que estes possam ser concluídos até meados de abril.

Como Angola dominou os bancos portugueses
22 de fevereiroAntónio José Vilela

Como Angola dominou os bancos portugueses

O braço de ferro durou anos. Houve pressões, jogos de bastidores e muito dinheiro envolvido. Os milhões de Angola colocados na banca nunca tiveram uma origem bem definida: eram do Estado e de figuras poderosas do regime liderado por José Eduardo dos Santos. Estas são as histórias dos esquemas cruzados, offshores, lavagem de dinheiro e relações perigosas.

Padre Guilherme, o DJ que transformou a capela em discoteca
20 de fevereiroPedro Henrique Miranda

Padre Guilherme, o DJ que transformou a capela em discoteca

Além de liderar a paróquia de Laundos, na Póvoa do Varzim, Guilherme Peixoto é DJ residente no Ar de Rock, discoteca que criou na Capela do Monte de São Félix para dinamizar a comunidade local. No Instagram, os seus diretos são um improvável sucesso.

Partido que suspeitou de juíza condenado por litigância de má-fé
19 de fevereiroMargarida Davim

Partido que suspeitou de juíza condenado por litigância de má-fé

O Juntos Pelo Povo (JPP) da Maia pôs em causa a independência de uma juíza por ser irmã de um ex-vereador do PSD. O incidente de suspeição foi recusado e, agora, é o Supremo Tribunal Administrativo que condena o partido por litigância de má-fé.

3
A incrível história do IVA que quase fez perder o mandato a um autarca
17 de fevereiroMargarida Davim

A incrível história do IVA que quase fez perder o mandato a um autarca

Uma empresa falida, uma lei da troika, uma dívida reclamada pelo Estado, relações familiares, fogaças e suspeições numa guerra judicial que foi até ao Supremo, quase custava o mandato ao presidente da Câmara da Maia e ainda pode acabar num processo contra o Estado.

3
Manuel Salgado, o homem que manda(va) na cidade
11 de fevereiroMargarida Davim

Manuel Salgado, o homem que manda(va) na cidade

O ex-vereador do Urbanismo que pediu a demissão da presidência da SRU, já foi o homem com mais poder na Câmara de Lisboa. Há quem o compare ao Marquês de Pombal e não falta quem questione a forma absoluta como decide ou ponha em causa o modo como gere conflitos de interesses com a família.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)