TAP: Acordos e medidas voluntárias mantêm mais cerca de 1.500 trabalhadores que previsto
10 de abrilLusa

TAP: Acordos e medidas voluntárias mantêm mais cerca de 1.500 trabalhadores que previsto

Os acordos de emergência celebrados com todos os sindicatos que representam os trabalhadores da TAP, "criaram as condições para, num clima de entendimento laboral, se prosseguir o cumprimento dos objetivos do Plano de Reestruturação de ajustamento da estrutura de custos e da otimização da força de trabalho, reconfigurando o quadro de pessoal a fim de o mesmo dar resposta aos níveis de operação e receita projetados, no curto e médio prazo".

Corrupção na PT: Ivo Rosa deu peso diferente às testemunhas
09 de abrilMarco Alves

Corrupção na PT: Ivo Rosa deu peso diferente às testemunhas

Três administradores disseram que Ricardo Salgado tinha influência direta na gestão que Granadeiro e Bava faziam na PT. Juiz desvalorizou porque eram só achismos. Mas não fez o mesmo com outra testemunha que também "achava".

Operação Marquês: O dinheiro e o poder de mãos dadas
07 de abrilNuno Tiago Pinto

Operação Marquês: O dinheiro e o poder de mãos dadas

Segundo o Ministério Público, José Sócrates e Ricardo Salgado foram os expoentes máximos de várias pessoas que terão conspirado para usar os cargos que exerciam para se apoderarem de muitos milhões de euros. Até à próxima sexta-feira, dia da decisão do juiz Ivo Rosa, a SÁBADO vai publicar vários textos que retratam o essencial da acusação e das defesas dos arguidos.

Os negócios imobiliários da Altice, do CEO e do amigo
31 de marçoAntónio José Vilela

Os negócios imobiliários da Altice, do CEO e do amigo

Foram vendidos quatro prédios em Lisboa por cerca de 15 milhões de euros. Os compradores têm ligações a um circuito empresarial montado em Braga, na Zona Franca da Madeira e no Dubai. E com relações ao empresário Hernâni Vaz Antunes, familiares e sócios. Na mesma altura, duas dessas empresas venderam uma moradia a Alexandre Fonseca e dois apartamentos a amigas íntimas de Hernâni e de Armando Pereira.

As ligações perigosas entre Arnaut e um empresário sérvio
31 de marçoDragana Pećo (OCCRP/KRIK)

As ligações perigosas entre Arnaut e um empresário sérvio

O escritório de José Luís Arnaut aconselhou o governo da Sérvia na concessão para expandir o aeroporto de Belgrado, que foi entregue à francesa Vinci. A empresa - dona da ANA, presidida pelo ex-ministro do PSD - comprou uma parcela de terreno a Stanko Subotic. Pouco depois, os dois homens tornaram-se sócios.

“A gente reforma-se e quê, vai para casa?”
28 de marçoFilipa Teixeira

“A gente reforma-se e quê, vai para casa?”

São os gestores há mais tempo a liderar uma empresa do PSI-20, a Ibersol. A SÁBADO apanhou-os (quase) desprevenidos, numa conversa que foi dos tempos da Sonae aos desafios da pandemia – e que ainda passou pelo jornalismo.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)