Calão

O calão é uma linguagem concebida para agredir e insultar ou apupar – em incidentes de rua, nos sarilhos do trânsito, em ajuntamentos populares, nas pugnas de clãs políticos rivais, nos ambientes broncos e alarves, em conversas narcisistas, quando os homens gabam o tamanho e o vigor do seu pénis.

André Silva: 'O meu pai cortava a água quente para pouparmos dinheiro'
14 de novembroTiago Carrasco em Leipzig, Alemanha

André Silva: "O meu pai cortava a água quente para pouparmos dinheiro"

Em Leipzig, na Alemanha, André Silva, substitui a praia por passeios na floresta e por banhos nos lagos. Não dispensa a companhia dos pais. Os mesmos que, em criança, lhe cortavam a água quente para não gastar gás e que o puseram no futebol para que aprendesse a partilhar.

Paula Cristina Roque: “Em Angola, governa-se  nas sombras”
10 de novembroJoão Carlos Barradas

Paula Cristina Roque: “Em Angola, governa-se nas sombras”

João Lourenço conquista lealdades do mesmo modo que José Eduardo dos Santos, mas “não tem estratégia”. À espreita, avisa a investigadora, está uma crise social porque há fome como não se via desde a guerra civil.

Camané: “Tenho o tempo do fado cá dentro”
29 de outubroFilipa Teixeira

Camané: “Tenho o tempo do fado cá dentro”

Sucessor de “Infinito Presente”, álbum de 2015, “Horas Vazias” marca o regresso de Camané aos originais, depois de ter cantado Marceneiro e de ter lançado um disco a duo com Mário Laginha. É o primeiro álbum desde 1995 sem José Mário Branco ao leme.

2
Capturado o maior traficante de droga da Colômbia
24 de outubroAna Bela Ferreira

Capturado o maior traficante de droga da Colômbia

Dairo Antonio Úsuga, mais conhecido por Otoniel, foi detido depois de uma operação que juntou o exército, a força aérea e a polícia. Um polícia acabou morto durante a operação.

'O Tremor é isto: a comunidade toda junta'
07 de setembroSebastião Almeida

"O Tremor é isto: a comunidade toda junta"

São Miguel volta a entrar no mapa dos festivais de música com o regresso do Tremor. São quatro dias sobretudo dedicados a artistas nacionais, na ressaca da pandemia. De 7 a 11 de setembro.

Afeganistão. O triunfo do Emirado
19 de agostoJoão Carlos Barradas

Afeganistão. O triunfo do Emirado

O caos no aeroporto de Cabul ficará como ícone de um abalo profundo à semelhança da evacuação de Saigão, em 1975, ou da invasão da embaixada em Teerão em 1979. O que espera os afegãos? A análise de João Carlos Barradas.

A Covid-19 está a matar  a Yakuza
08 de agostoYann Rousseau/Les Echos/The Interview People

A Covid-19 está a matar a Yakuza

A histórica e mal-afamada (mas ainda legal) organização criminosa japonesa viu o seu modelo de negócio desmoronar-se com a pandemia. O golpe foi profundo.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana