Memorial quer recordar os que passaram e morreram no campo do Tarrafal
03 de março de 2020Lusa

Memorial quer recordar os que passaram e morreram no campo do Tarrafal

Ao longo dos anos, o Tarrafal recebeu nas suas celas comunitárias mais de 500 pessoas, entre 340 antifascistas portugueses e 230 anticolonialistas africanos. Alguns registos históricos apontam para até 37 mortos em consequência das condições de vida naquela colónia penal, construída pelos próprios presos.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)