Cuidados intensivos

Tomar a liberdade

Nas discussões recorrentes sobre o Estado Novo, nunca se produz uma boa explicação de “cultura política” para o facto de termos aguentado 48 anos com a canga em cima. A pobreza, a ignorância e a passividade medrosa da espécie foram mais determinantes na longevidade da ditadura do que todos os mecanismos de repressão.

Cuidados intensivos

Comes & bebes

Ferro Rodrigues saltou a cerca sanitária de Lisboa para ir apanhar sol para o Algarve. Será verdade? Bom, a ser verdade, só teria de pedir desculpas, fazer uma vénia e retirar-se para uma reforma que tarda. Porque o argumento de que já está vacinado não colhe quando é de exemplo que falamos

As mulheres que mandam no Chega
26 de junhoMargarida Davim

As mulheres que mandam no Chega

São elas a Marta, a Rita, a Patrícia e a Ana: André Ventura chamou quatro para a direção. A estratégia é ter caras novas num partido que ainda é muito unipessoal.

José Alberto Guerreiro: 'O Estado falhou em Odemira'
22 de maioMaria Henrique Espada

José Alberto Guerreiro: "O Estado falhou em Odemira"

O Estado falhou em Odemira? “Não tenho a menor dúvida”. O autarca socialista contraria António Costa e diz que a mudança da lei de imigração em 2017 fez mesmo explodir o tráfico. E que os “memorandos” do Governo não o resolvem.

Basta um caso para Arganil voltar a recuar no desconfinamento
14 de maioDiogo Camilo

Basta um caso para Arganil voltar a recuar no desconfinamento

Portugal registou 22 concelhos com número de casos acima do limite, 15 deles em território continental. Arganil é o município em pior situação e é quase certo que volte a recuar - basta-lhe confirmar um caso esta semana. Montalegre recua no desconfinamento se registar dois casos.

Freguesias de Odemira avançam no desconfinamento
13 de maioDiogo Camilo

Freguesias de Odemira avançam no desconfinamento

Portugal ficará em estado de calamidade até ao dia 30 de maio. Dois concelhos, Arganil e Lamego, recuam para as regras de 19 de abril. Resende mantém-se nas regras de 5 de abril. Três municípios avançam no desconfinamento: Carregal do Sal, Cabeceiras de Basto e Paredes.

PR diz que é preciso retirar 'muitas consequências políticas' do caso Odemira
11 de maioLusa

PR diz que é preciso retirar "muitas consequências políticas" do caso Odemira

"Em relação a Odemira, acho que tem de retirar muitas consequências políticas. Tem de se fiscalizar para saber como é por respeito à legalidade, tem de se apurar se há ou não uma situação que convida àquilo que são atuações criminais, tem de se pensar a sério no problema dos imigrantes que estão cá dentro, que trabalham", referiu.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)