Em Casa, mas ativo e saudável
26 de fevereiroÂngela Marques

Em Casa, mas ativo e saudável

Em confinamento, o bem-estar e o exercício físico são postos em risco. Mas não tem de ser assim: o GPS experimentou algumas das melhores aplicações para fintar neuras e ronhas.

Lili Caneças ou a extraordinária vida de Maria Alice
16 de fevereiroCatarina Moura

Lili Caneças ou a extraordinária vida de Maria Alice

Filha de um oficial da Marinha, privou na adolescência com as famílias aristocratas exiladas em Portugal. Após o divórcio, chegou a vender pullovers aos amigos para pagar as contas. Foi cortejada por nobres e milionários, parou o País por causa de uma cirurgia estética e continua a ir às festas internacionais mais exclusivas. Agora, aos 76 anos, Lili Caneças mantém-se relevante graças aos contactos e às redes sociais.

Bem-aventurados os que...

Habituada a catequizar o resto do País, a bolha político-mediática de Lisboa sente-se agora ameaçada pelos trauliteiros militantes do Chega. Querem travar André Ventura? Fácil: antecipem as Legislativas de 2023 antes que seja tarde de mais.

Até onde vai Ventura?

Ventura é um abcesso na democracia, sem dúvida, mas numa democracia que também ela está doente. Que caminha para o abstencionismo e a indiferença cívica. E que se resigna com essa caminhada para o abismo.

Ventura manda 'trabalhar' ciganos e antifascistas em Serpa
10 de janeiroLusa

Ventura manda "trabalhar" ciganos e antifascistas em Serpa

"Não são 'Grândolas' cantadas lá fora por subsidiodependentes que nos vão fazer parar esta marcha. Perderam os debates todos e agora querem ganhar na rua", continuou André ventura referindo-se ao espetro político da esquerda.

Honor Band 5: como um life coach no pulso
06 de janeiroMarkus Almeida

Honor Band 5: como um life coach no pulso

Uma pulseira de fitness de baixo custo que não é só para desportistas. À Honor Band 5 pouco falta para competir na categoria smart watch

Denise, a idosa que deu o seu lugar nos cuidados intensivos
09 de dezembro de 2020Diogo Camilo

Denise, a idosa que deu o seu lugar nos cuidados intensivos

Em março, a idosa francesa de 91 anos escolheu não ocupar a última cama disponível numa unidade de cuidados intensivos de um hospital em Paris. "Queria deixar o lugar vago para os seus filhos e netos", explicou aos médicos, que agora lhe dedicam uma carta.

Marcelo, agora sem máscara
07 de dezembro de 2020Maria Henrique Espada

Marcelo, agora sem máscara

O Presidente é finalmente candidato – mas esticou tanto o assumi-lo que passou parte da apresentação a ter de justificar o “só agora”. Marcelo, o candidato que antes de ser já o era.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)