Lili Caneças ou a extraordinária vida de Maria Alice
16 de fevereiroCatarina Moura

Lili Caneças ou a extraordinária vida de Maria Alice

Filha de um oficial da Marinha, privou na adolescência com as famílias aristocratas exiladas em Portugal. Após o divórcio, chegou a vender pullovers aos amigos para pagar as contas. Foi cortejada por nobres e milionários, parou o País por causa de uma cirurgia estética e continua a ir às festas internacionais mais exclusivas. Agora, aos 76 anos, Lili Caneças mantém-se relevante graças aos contactos e às redes sociais.

Marcelino da Mata, o comando que escapou a uma certidão de óbito por fuzilamento
14 de fevereiroEduardo Dâmaso

Marcelino da Mata, o comando que escapou a uma certidão de óbito por fuzilamento

Na morte de Marcelino da Mata regressa o seu mito mas também a memória dos comandos africanos deixados a morrer em Bissau, às mãos do PAIGC. Uma página de ignomínia na história portuguesa contemporânea, que permanece como uma ferida aberta, a que mais facilmente podemos chamar crime de guerra do que a qualquer operação dos comandos africanos feitas no teatro de um conflito que representou, mais do que qualquer outro, o estertor do império colonial português.

Covid-19 gerou contratos públicos para tudo e mais alguma coisa
03 de fevereiroMarco Alves

Covid-19 gerou contratos públicos para tudo e mais alguma coisa

Peixe congelado por €40 mil, um teclado a €19.500, um segurança para guardar vacinas e um carpinteiro para abrir uma porta. E floreiras, bacalhau, ratos, cabazes e até seguros de saúde. Já há mais de 5.000 contratos relacionados com a Covid-19

Histórias de chicos-espertos
02 de fevereiroMarco Alves

Histórias de chicos-espertos

O caso das vacinas vem juntar-se ao do chef da NASA, do consultor da ONU, do especialista do Vaticano, do licenciado num ano, do golpe da caneta, da Diana desaparecida, ou do político que comprou os seus próprios livros. É o chico-espertismo à portuguesa.

Covid-19. O que mais pode fazer para evitar contágios?
Viver com Saúde

Covid-19. O que mais pode fazer para evitar contágios?

Mais prevenção, comunicação assertiva, meios para interromper as cadeiras de transmissão. Ricardo Mexia, médico da saúde pública e epidemiologista, reforça aquilo que já devia estar a ser feito e o que podemos mudar para evitar contágios em Portugal.

3
O negociador 'astuto e fiável' das coligações negativas
17 de dezembro de 2020Ana Bela Ferreira

O negociador "astuto e fiável" das coligações negativas

À frente do Sindicato do Ensino Superior, Gonçalo Leite Velho destacou-se como o homem que fez a ponte entre os vários partidos para fazer aprovar medidas que o Governo não queria fazer avançar. Conquistou consensos entre PSD, PCP e Bloco de Esquerda. Duarte Marques (PSD) elogia-lhe "a inteligência e pragmatismo".

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)