Os instantâneos estão de volta
OntemFilipa Teixeira

Os instantâneos estão de volta

A nova câmara da Fujifilm foi lançada a pensar naqueles que vibram com fotografias de aspeto clássico e que não querem grandes preocupações na altura de disparar.

O nariz

É mais importante possuir um bom nariz que ter bom olho, pois a vista pode enganar-nos, mas o nariz raramente. Um nariz que se preze é capaz de farejar as injustiças, as manigâncias, as aldrabices, a banha da cobra, o gato por lebre

Urbanista

Uma dor de cabeça chamada IRS…

Fora das grandes cidades a rede móvel é outra, por vezes não há rede e, quando há, também há quem não saiba para que serve. Nas grandes cidades, encafuados em  edifícios  sem história e bairros nos quais se perdeu a história, há quem não saiba o que fazer para entregar o IRS.

Elefantes e esquilos

Aqui surge o peculiar caso da UE, que ainda não assumiu se pretende ser um elefante ou um esquilo. No presente, escolheu alguém da família dos roedores para dirigir a sua política externa, com ausência de conhecimentos de história e geografia comprovados.

Como falhou a ligação entre o Governo e a escola
27 de janeiroLucília Galha

Como falhou a ligação entre o Governo e a escola

Aulas online vão regressar, mas o Executivo demorou mais tempo a comprar computadores que as farmacêuticas a descobrir novas vacinas. Ensino à distância veio cavar ainda mais o fosso entre o público e o privado.

Presidenciais 2021: Os 500 mil (des)venturados
25 de janeiroMaria Henrique Espada

Presidenciais 2021: Os 500 mil (des)venturados

Era previsível e aconteceu: o líder do Chega ficou acima dos 10% com quase meio milhão de votos. O CDS não percebeu o que lhe aconteceu, o PSD aponta às perdas... do PCP. A direita não sabe o que fazer com André Ventura nem consigo própria; a esquerda, já era tempo de começar a perceber como não o ajudar. Ainda não foi desta.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)