Afinal Marcelo ainda vai fazer mais audiências sobre crise política
31 de outubroMaria Henrique Espada

Afinal Marcelo ainda vai fazer mais audiências sobre crise política

O Presidente da República já ouviu parceiros sociais e partidos, mas disse aos patrões que fará ainda novas audiências bilaterais com eles, mais à frente. Eventualmente, já a meio de novembro. E mostrou-se “calmo”, tranquilo” e até “com aquele humor” na maratona de dois dias de reuniões. O cenário só foi claro quando à dissolução.

Patrões abandonam de forma 'imediata' a concertação social
22 de outubroJornal de Negócios

Patrões abandonam de forma "imediata" a concertação social

Decisão surge como protesto contra as medidas aprovadas esta quinta-feira pelo Governo no que toca à legislação laboral, que não foram aprovadas pelos parceiros sociais. O anúncio foi feito pelo presidente da CIP, António Saraiva.

Instantâneos ou quase (46)

Os professores universitários e os advogados exigem ser vacinados. Dizem que é uma questão de justiça por causa dos colegas do secundário, que os tribunais são locais perigosos e blá-blá-blá. Era bom que fossem empregados de supermercado só por um dia.

Quotas são importantes para impulsionar a igualdade mas devem ser temporárias
08 de marçoLusa

Quotas são importantes para impulsionar a igualdade mas devem ser temporárias

"As quotas são um ponto de partida para ajudar a impulsionar (...), algo que deve servir para criar uma dinâmica e depois da dinâmica criada e conhecida a mais valia que essa diversidade traz é irreversível", disse o presidente do Conselho de Administração da ANA, José Luís Arnaut, que participou no debate, defendendo, no entanto, que a cultura de meritocracia deve prevalecer.

Instantâneos ou quase (21)

As escolas estão a atirar os alunos para fora dos portões. E isto não é combate à pandemia: é incúria. Queres comer? Tens furos? Vai para a rua. Em Oeiras, é vê-los junto aos portões, nas escadas dos prédios ou no chão. A comerem.

Só 18% das empresas pensam manter investimentos
25 de maio de 2020Jornal de Negócios

Só 18% das empresas pensam manter investimentos

Um inquérito realizado pela CIP mostra que a maior parte das empresas que antes da pandemia tinham programado investir em 2020, agora vão suspender parcialmente, ou totalmente, os projetos.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana