O pacto secreto dos três maçons e a corrupção na câmara
António José Vilela

O pacto secreto dos três maçons e a corrupção na câmara

Um acordo criminoso não cumprido na venda de um terreno público que iria defraudar o Estado. Uma autarca endividada por empréstimos pessoais e que tomava decisões após consultar uma “conselheira espiritual”. O dinheiro encontrado num cofre e em envelopes. E o alegado pacto do deputado do PS com os dois amigos que tinham feito juras de fidelidade nos templos da maçonaria.

António Costa – entre as juras de amor e tiro ao alvo
Tiago Carrasco

António Costa – entre as juras de amor e tiro ao alvo

Andámos um dia com um boneco de papelão do primeiro-ministro e até o levámos ao congresso do PS. Na rua, quiseram comprá-lo por 50 euros para lhe atirarem setas e chamaram-lhe ladrão, mas entre os socialistas o Costa em cartão recebeu elogios, agradecimentos e pedidos de selfie. Foi a “estrela” do evento.

O adeus a Costa numa despedida com estatística, Foo Fighters e 'saudades'
Alexandre R. Malhado

O adeus a Costa numa despedida com estatística, Foo Fighters e "saudades"

Numa FIL quase lotada, a reunião magna socialista arrancou em jeito de despedida. Assistiu-se a vídeos de retrospetiva dos últimos oito anos de governação de Costa, com um best of ao som de indie rock. "Vai deixar saudades, claro", comenta Eduardo Cabrita à SÁBADO.

O “jovem turco” da Geringonça
Margarida Davim

O “jovem turco” da Geringonça

Com João Galamba, Duarte Cordeiro e Pedro Delgado Alves, é um que apoiam Costa contra António José Seguro. Mais tarde, é recompensado e chega ao Governo.

Pedro Nuno Santos: As lições para 10 de março
Alexandre R. Malhado

Pedro Nuno Santos: As lições para 10 de março

Não sabia quanto é o salário mínimo – tem de se preparar. Foi um ministro “irrequieto” – terá de se transformar em candidato a PM. Surge rodeado de boys – deve mostrar outras companhias, para mobilizar. Não apresentou propostas – os seus acham que não era ainda preciso. Pedro Nuno Santos foi aos treinos, mas agora é a sério. Os especialistas dão uma ajuda.

5
PS, a arte de reciclar derrotados
Margarida Davim

PS, a arte de reciclar derrotados

Houve acusações de traição, debates muito duros, até ataques pessoais, mas o PS nunca ostracizou aqueles que disputaram a liderança e ficaram pelo caminho.

A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana