Estado dá milhões às seguradoras com acidentes
07 de setembroLucília Galha

Estado dá milhões às seguradoras com acidentes

Há 28 anos que o SNS, violando a lei, paga comparticipações de medicamentos que deviam ser suportados pelos seguros. Uma jurista do Centro Hospitalar de Lisboa Central avançou com um processo para corrigir situação, mas caso está parado.

Estado já pagou ao privado mais de 218 milhões em testes PCR
06 de setembroSÁBADO

Estado já pagou ao privado mais de 218 milhões em testes PCR

No ano passado, as convenções que englobam as análises clínicas representaram 235 milhões de euros em encargos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), mais 35% do que em 2019, avança esta segunda-feira o jornal Público.

O regime de Costa

António Costa tem ao seu dispor o regime para fazer o que quiser. Para o moldar como quiser, em doses maciças de investimento público e políticas públicas, que podem prolongar por muito tempo o ciclo de poder socialista. E é isso que está a fazer com o dinheiro da bazuca europeia.

Afeganistão. O triunfo do Emirado
19 de agostoJoão Carlos Barradas

Afeganistão. O triunfo do Emirado

O caos no aeroporto de Cabul ficará como ícone de um abalo profundo à semelhança da evacuação de Saigão, em 1975, ou da invasão da embaixada em Teerão em 1979. O que espera os afegãos? A análise de João Carlos Barradas.

O grande cartão vermelho

São já meia centena os processos que visam o futebol, mas os que podem doer aos clientes que se seguem, de Vieira a Pinto da Costa, são os que estão na mão do procurador Rosário Teixeira e do inspetor tributário Paulo Silva.

O que é que não viram em Odemira?

O cultivo de frutos vermelhos em estufas tem vindo a provocar um grave dano ambiental, a impor um modelo económico centrado exclusivamente na ganância das empresas produtoras, das de angariação de trabalho e de prestação de serviços, quase todas com sede fora dos concelhos onde laboram.

A Newsletter SÁBADO É TODOS OS DIAS no seu e-mail
NEWSLETTER EXCLUSIVA PARA ASSINANTES O resumo das notícias pela redação da SÁBADO, sempre ao início da manhã. (Enviada de segunda a sexta)