Notícia

Sporting

Suspeitos das agressões de Alcochete continuam em prisão preventiva

21.08.2018 12:45 por Diogo Barreto
O juiz do Barreiro decidiu que os 23 suspeitos detidos na noite do ataque à equipa do Sporting vão manter a medida de coação máxima para todos.
Foto: Sábado
Foto: Sábado
Foto: Sábado

Academia de Alcochete

Os 23 suspeitos das agressões à equipa principal de futebol do Sporting na Academia de Alcochete que foram detidos na noite do ataque vão continuar em prisão preventiva, três meses depois de ter sido aplicada a medida de coacção que devem passar por um processo de revisão a cada três meses.

Na reavaliação trimestral, o juiz de instrução criminal do Barreiro decidiu manter a medida de coação máxima para todos, avança o jornal Observador.

Só no próximo mês serão reexaminadas as medidas do coação do segundo grupo de elementos da Juve Leo, que foi detido apenas em Junho. 


pub
pub