Vigilantes das escolas estão a ser pagos pelos pais

Susana Lúcio 24 de fevereiro de 2017

Há associações de pais que asseguram parte do salário de vigilantes e auxiliares de educação

A falta de funcionários nas escolas, que motivou a greve no passado dia 3 de Fevereiro convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais, já levou pais a pagarem do seu bolso vigilantes e auxiliares de educação para garantirem a segurança dos filhos.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais