Siga o nosso canal no WhatsApp e não perca as grandes histórias da SÁBADO. Seguir

Vieira é suspeito de ter beneficiado de fraude no BES

Vieira é suspeito de ter beneficiado de fraude no BES
Carlos Rodrigues Lima 07 de novembro de 2019

Ministério Público refere que banco ajudou a Inland, empresa do presidente do Benfica, através da Eurofin, uma entidade sediada na Suíça que, durante anos, serviu para mascarar as contas do banco.


A suspeita está plasmada nos autos do processo do Banco Espírito Santo: além de operações financeiras, que terão permitido à administração de Ricardo Salgado mascarar as contas do BES, a Eurofin, uma sociedade suíça, também serviu, segundo o Ministério Público, para retirar "ativos stressados" do balanço do banco, assim como funcionou como veículo de investimento para reestruturações de dívida de "clientes privilegiados" da administração do antigo "dono disto tudo", como a Inland, a Imobiliária de Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Cuidados Intensivos

Hooligans

Nos debates, ganha quem o hooligan quer que ganhe – e isso é válido para o hooligan anónimo, que grita para o televisor “Dá-lhe, Pedro Nuno!”, como para o hooligan em estúdio, que apesar de usar fato e gravata também está de tronco ao léu, agarrado à vedação do estádio, a chamar nomes ao árbitro.