Taxista viajou 180 quilómetros sequestrado na mala

Taxista viajou 180 quilómetros sequestrado na mala
SÁBADO 14 de fevereiro de 2020

Motorista foi obrigado, numa paragem em Leiria, a entrar na bagageira do seu carro.

Um taxista, de Lisboa, viajou mais de 180 quilómetros fechado na mala do seu próprio carro. O homem foi sequestrado por dois jovens, de 24 anos, que apanharam o táxi em Lisboa para regressarem ao Porto. O caso remonta a dezembro de 2018 e os assaltantes, que usaram uma réplica de uma arma de fogo para ameaçar a vítima, foram agora detidos pela Policia Judiciária do Porto. Vão aguardar julgamento em prisão domiciliária. Os ladrões - um desempregado e um operário da construção civil - nunca tiveram intenção de pagar a viagem num valor superior a 200 euros. Aliás, não tinham sequer dinheiro para regressarem a casa, depois de se terem envolvidos em incidentes na noite da capital, e viram-se forçados a fugir com medo de serem atacados.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais